14 de jul. de 2021

Origem da palavra OK

 

Imagem Google


Conhecemos várias palavras que devido ao seu uso foram incorporadas no idioma formal.

Algumas palavras em inglês que o brasileiro adotou no dia a dia:

 Air bag, Baby doll, Backup, Bad boy, Bike, Blazer, Botox, Check-in, Chip, Coffee break, Crush,

 Delivery, Design, Diesel, Download, Drinks, Drive-thru, Email/e-mail, Facebook, Fake, Fashion, Gospel, Hamburger, Hobby, Email/e-mail.

 A palavra E-mail surgiu junto com o início da internet, e hoje em dia é até estranho usar a expressão “correio eletrônico”. No entanto, há um termo talvez mais expressivo, que é a palavra OK “mais falada e escrita do planeta”, parecia ser apenas mais uma piada. Foi usada como uma brincadeira a expressão “O.k.”, "OK" (ou "okay") que designava “tudo certo” e que se propagou a ponto de ser reconhecida hoje em qualquer parte do mundo. Ok é uma expressão de origem desconhecida e etimologia bastante discutida. Apareceu pela primeira vez no dia 23 de março de 1839 no jornal "Boston Morning Post", cuja autoria é atribuída ao seu editor Charles Gordon Greene. São muitos e muitos anos de uso deste vocábulo. Mesmo sendo o americanismo mais usado no mundo, sua origem é confusa.

A trajetória e a origem são objeto de um estudo publicado nos Estados Unidos, Allan Metcalf, um linguista e autor do livro “OK”, disse que é a palavra mais espetacular da língua inglesa, e é difícil explicar por que faz tanto sucesso, sua obra com o título O.K. foi lançada no ano de 2010. O linguista descreve nada mais, nada menos que 18 versões diferentes sobre a origem da expressão – que hoje ainda ganha um neologismo bem popular nas redes sociais no Brasil: “talquei?”.

Essa história do termo, reforçada pelo livro de Metcalf, já foi comprovada por diversos estudos nos Estados Unidos. Mesmo assim, ao longo dos mais de 180 anos em que O.k. é usada, não faltaram pesquisas a divulgar versões alternativas para o surgimento da palavra. “A história é tão simples que às vezes, parece insultar nossa inteligência. Faz com que precisemos de algo mais interessante, mesmo que não seja verdadeiro”, justifica o linguista.

Metcalf apresenta as 18 versões desse termo, não apenas nos Estados Unidos, mas em outros idiomas também. Falou sobre a sua surpresa de uma que dizia que O.K. era uma variação de “okeh”, termo indígena usado pela tribo choctaw como “está certo”, no final das frases. Versão que enganou muitos professores de renome.

 Na escrita é OK, ou okay e, informalmente, fala-se também okey-dokey ou okey-doke. A palavra pode ser usada também como verbo regular, significando “aprovar”, “endossar”.

O termo mundialmente conhecido, surgiu no século XVIII, na campanha para a reeleição do Presidente Martin Van Buren (1782-1862), nos Estados Unidos. O apelido dele era Old Kinderhook, em 1840, as iniciais O.K. se popularizaram como lema de sua campanha para indicar que, com Old Kinderhook como presidente, tudo estaria ótimo. De forma humorística, também se dizia que OK era sigla para “orl korrect” – all correct -, ou seja, “tudo correto”.

Outra versão, a expressão A-OK, significando “excelente”, que vem da era espacial. Foi usada pela primeira vez na década de 1960 pela NASA, nos Estados Unidos, para indicar que todos os sistemas estavam em perfeitas condições – All systems OK (abreviada para A-OK). Há várias definições para O.K. Muitos afirmam que a palavra O.K. é de origem alemã, outros, que é africana, outros, de origem grega. Muitos historiadores argumentam que a expressão pode ter

surgido durante a Guerra Civil dos Estados Unidos. Quando não havia baixa nos campos de batalha anotava-se "0 killed" (nenhum morto), corresponde a 0K. Sinal que se assemelha um "O" formado com os dedos polegar e indicador se encostando nas pontas em forma de círculo, e supostamente formando um "K" com os demais dedos levantados.

Apesar de tantas etimologias existentes sobre o surgimento desse termo, passados 180 anos, vários estudiosos confirmam a origem da palavra, no jornal de Boston. 

Um século depois, com a chegada da informática, a sentença transformou-se em comando no computador o que a fez ganhar prestígio e força cada vez mais.

13 comentários:

  1. Usamos muitos estrangeirismos no nosso vocabulário. Eu confesso que evito fazê-lo.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  2. Gostei da leitura. Obrigada pela partilha!:)

    -
    Momentos de lúcida reflexão
    -
    Beijo, e um excelente dia

    ResponderExcluir
  3. Interessante tua pesquisa.Agregamos ao nosso vocabulário e nem mesmo sabemos... Gostei! beijos, chica

    ResponderExcluir
  4. Confesso e reconheço que uso o OK diversas vezes ao dia.
    .
    Cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  5. Olá, amiga Marli, tudo OK com você?
    Gostei muito desse seu trabalho, feito com esmero, sobre um tema muito importante para todos, em muitas partes do mundo, sobre a palavra OK, tão usada pelos brasileiros há muitos anos, que poupa tempo e nas nossas conversas, dizem muito, com apenas duas letras.
    Confesso que sempre usei a palavra OK em todas as ocasiões que essa se fazia necessário, e que sempre tive grande curiosidade pela sua origem, curiosidade essa que ficou satisfeita com esse seu excelente trabalho. Parabéns.
    Uma boa semana, cuidando-se sempre.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Minha querida Marli, cheguei!
    Estou para responder seu email, domingo juro que vou fazer, quero saber de você e contar um pouco daqui.
    Interessantíssimo essa sua postagem, como usamos essa palavrinha, ou melhor, essas duas letrinhas! E agora sei de sua história, aliás, bem curiosa. É uma 'respostinha' pra lá de preguiçosa, e que uso muito. Acho que é a palavra mais usada no mundo, sem dúvida.
    Comentei aqui com Pedro, onde será que a Marli foi buscar a origem do OK?
    Adorei, amiga!
    Um bom domingo pra você!
    Beijinho, amanha segue uma conversinha!

    ResponderExcluir
  7. Olá, amiga Marli (minha xará)!
    Adorei sua postagem, uma pesquisa e tanto! Estou sempre usando essas duas letrinhas cheias de prestígio. Obrigada pelo post, adorei saber todas essas informações.
    Bjs
    Marli

    ResponderExcluir
  8. Uma pesquisa inteligente, a sua, minha Amiga. Obrigada por partilhar.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Anônimo3/8/21 19:21

      Read the text and comment.

      Beautiful blog is nothing.

      Excluir
  10. Delicioso o texto que nos deixa!
    A palavra nunca parou no tempo, está em constante mutação.
    A sua extraordinária pesquisa, confirma isso mesmo.
    O.K, é já um vocábulo universal. Os ritmos em que hoje vivemos, tendem a encurtar as palavras, usando expressões simplificadas e facilmente percetíveis por todos!
    Gostei muito do seu excelente texto!

    Bom fim de semna.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

O mais doce perfume

Naquela tarde gelada, fui convidada por um amigo de longa data para um café, que foi regado a lindas histórias sobre a vida. A história qu...