16 de out de 2012

Um dia o Trem passou por aqui...





A Locomotiva 310, de 1913, conhecida como Maria Fumaça, foi revitalizada em 2005 pela Associação "Amigos do Trem".
Ela fez parte da vida dos moradores das cidades gêmeas: Porto União ( SC ) e União da Vitória ( PR ).
Interessante registrar que, os trilhos do trem, ainda hoje, são um marco da divisa dos Estados do Paraná e Santa Catarina.
Em uma época do passado a travessia de uma cidade a outra somente era possível apenas pelo túnel, pois era mais seguro.
No ano de 2007, minha filha Mariane Boldori, finalizando seu TCC para o curso de Rádio e TV em Curitiba, realizou um trabalho como forma de homenagear esta máquina que muito ajudou a desenvolver as cidades gêmeas.
 

20 comentários:

  1. Ficou linda a postagem, eu cheguei a andar, rsrs, na Maria Fumaça.Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arnoldo, eu também viajei de trem rsssss
      foi um tempo bom.Que bom que gostou da postagem.Abraço!

      Excluir
  2. Gasparzinho16/10/12 21:39

    Lindo poema, lindas imagens!
    Parabéns!
    Não vivi um momento assim: andar de trem, mas senti, ao ler e ouvir seu poema, como se estivesse numa.
    Meus sinceros aplausos.
    Abraços do amiguinho camarada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gasparzinho,eu tive o privilégio de andar de trem, bem com certeza, você nem tem idade para ter vivido na época do trem.Quando me pediram para escrever algo sobre o assunto eu me emocionei.E,nem sou poeta rsssssssss.Quando ela foi revitalizada eu fui aos passeios que foram programados, foi uma volta à infância.Obrigada pelos aplausos.Abraços!

      Excluir
  3. oi Marli,

    adoro trem,
    se pudesse andava sempre,
    a primeira vez que fui ao Rio de Janeiro,
    fui de trem leito...
    ah,como é bom...

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rô, eu também já viajei de trem.O poema por mim escrito me levaram às lágrimas de saudades.
      È um momento em que se pode admirar a natureza e ainda ganhar uma reflexão.Beijos!

      Excluir
  4. Amei o vídeo, Marli! Logo que terminei o curso normal consegui uma escola para lecionar, bem longe (rss). E o único meio de transporte era o trem. Nunca saia no horário e eu passava horas na estação, aproveitando para ler. Lembranças, você me trouxe. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marilene,a mim também vieram as lembranças,pois eu viajei de trem.Ao escrever o poema, sem ser poeta fiquei feliz por poder registrar no papel o que eu havia vivido.Obrigada pelo comentário.Beijos!

      Excluir
  5. Meu avô foi maquinista, mas infelizmente não o conheci, mas ouvia as histórias del que meu pai tinha para contar. Infelizmente, quando tive idade para andar de trem, isso em SP, o transporte já tinha perdido o glamour, sendo um meio utilizado para o transporte dos menos favorecidos. Uma pena essa nossa mentalidade...
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andrea, seja bem vinda a este espaço que agora é seu também.Que pena que você não pegou o tempo bom das viagens de trem,pois era maravilhoso.Quem sabe em um futuro próximo as máquinas voltem aos trilhos.beijos!

      Excluir
  6. Oi Marli!
    Quanta honra por receber sua visita em nosso espaço. Aqui me deparo com lindas postagens! “Um dia o trem passou por mim”, neste instante, quase como um sonho me sentir na velha Maria Fumaça de Teresina a São Luis, hoje já desativada, dando lugar à eficiência do transporte urbano, metrôs. Parabéns pelas postagens.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Batista,seja bem vindo a este espaço que agora é seu também.Obrigada pelo rico comentário sobre a minha postagem.Volte sempre! Abraço!

      Excluir
  7. Parabéns à Mariane pelo belo vídeo.
    Parabéns à Marli pelo enfoque a esse inesgotável tema: trem.
    Sou apaixonado pelos trens e sempre que posso estou embarcando em um. Tal é o fascínio que exerce sobre nós que acho ser o trem de outra dimensão, de um tempo diferente do nosso.
    Quero que um dia os governantes compreendam isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rui,obrigada pelo seu comentário a mim e minha filha.Realmente, o trem nos traz muito fascínio,pois nos mostra um lado romântico.Eu já viajei de trem,foi maravilhoso, ainda me emociono com o tema.Grande abraço!

      Excluir
  8. Oi amiga eu já tinha visto na TV e achei lindo. Dá vontade de chorar de saudade. A montgem da Mariane ficou de primeira. Parabéns para vocês.Olinda R. dos Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olinda, minha querida amiga,que bom ler sua opinião aqui.A saudade fala mais alto sempre,mas que bom que podemos senti-la,não é mesmo?
      Obrigada pelo rico comentário.Um grande abraço!

      Excluir
  9. Vengo del blog de zilanicelia (Só pra dicer) y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me gustaría ser Seguidor de tan bello Espacio, lleno de Magia, Color y Fantasía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  10. Bienvenido al Naco de Prosa! es genial tenerte aquí. volver cuando quiera, a enriquecer nuestro espacio! Abrazos.

    ResponderExcluir
  11. Ricardo,que bom que gostou,pois é registro verdadeiro do que fez parte da minha história.Abraços!

    ResponderExcluir

O outro lado da cegueira

Um dos trechos mais comentados e que mais aprofundam o leitor dos personagens é quando Saramago escreve:  “O medo cega (…) são palavras c...