27 de mai de 2012

20 de mai de 2012

Vítima (?) de Cracker


para os que acompanham o Naco de Prosa não é novidade que não sou fã da Rede Globo, e penso que muitos que nela trabalham são esnobes, pensam que são semi-deuses.

nas últimas semanas tivemos um "corre-corre" da polícia e da imprensa no caso das fotos nuas de uma conhecida atriz global ( não, meus amigos, não vou citar nomes para que o Naco de Prosa não seja processado ), ela adora processar, mesmo que os erros sejam da própria.

vamos aos fatos: uma mulher tira fotos nuas de frente ao espelho de casa, sem maquiagem, sem fake, sem photoshop e sem rentabilidade alguma para seu cofrinho.

eis que alguns crackers tiveram a idéia de quebrar o sistema de segurança do computador da moça, vasculharam o mesmo, encontraram as fotos e mandaram para quem quisesse e não quisesse vê-las, entre eles: google, sites do governo de São Paulo e prefeituras da região metropolitana.

em entrevista a mesma disse que estava sendo subornada para que as fotos não fossem ao ar, e que ela "nunca tirou fotos nuas", está com memória curta essa moça.

talvez não em troca de money, mas por um prazer sinistro, digamos assim.

mas a questão, meus amigos, não defendo aqui sicrano ou beltrano, apenas penso quem, em sã consciência, sabendo que existem "lobos maus" na internet, deixa em seus arquivos pessoais fotos de como veio ao mundo?

o problema da moça não foi as fotos terem sido publicadas, mas sim ela não faturar com elas.

claro que a Playboy, Sexy e afins devem ter lotado a caixa postal da moça com ofertas milionárias, e a mesma recusou veementemente.

a questão das fotos terem aparecidos aqui e acolá talvez seja outra, algo que nossos olhos não conseguem ver, como uma auto promoção.

artistas necessitam da mídia para sobreviver, e ponto final.

seja essa sobrevivência adquirida com o suor do seu trabalho ou do seu corpo.

o que mais me deixa indignada é a hipocrisia, é a pessoa fazer em sã consciência e depois agir como se fosse uma vítima de estupro.

ainda há uma foto no google, para os interessados e curiosos.

ah, e estava esquecendo: em menos de uma semana, com ajuda da POLÍCIA FEDERAL, eles encontraram 04 supostos causadores de tal burburinho nacional.

enquanto isso em Brasília...



em tempo: prezada moça, aproveite o dinheiro das ações que a senhora irá mover neste momento, e compre um pen drive, para que as próximas fotos sejam mantidas sãs e salvas num cofre.



sem mais, despeço-me.




Os Corvos de Van Gogh


a vida tem surpresas agradáveis, dessas que ocorrem esporadicamente.

na postagem anterior falávamos da cultura da década de 80, e do talento reconhecido de nossos hermanos argentinos.

mais uma vez fomos surpreendidos por um talento literário vindo diretamente da Argentina: a escritora Isabel Furini.

ela lançou, para nossos deleite, o livro Os Corvos de Van Gogh.

em versos poéticos ela nos faz sentir as pinceladas fortes de Van Gogh, nem sempre seguro de si, o que torna suas obras inquietantes.

em seus poemas, Isabel nos faz trilhar um caminho que não aprendemos nos bancos escolares: apreciar a Arte com os olhos da Alma.

não há como não se emocionar, não há como não sentir neste trabalho Van Gogh, a força, a expressão desse enigmático homem em suas telas.

Isabel conseguiu unir o talento de um grande pintor com o talento de uma grande poeta.

pintura e poemas andando juntos como se fossem almas gêmeas, e que deverão continuar andando juntas para que outros exemplares como este livro nasçam.

parabéns Isabel, seu trabalho motiva e enriquece ainda mais o mundo literário!



aos interessados, aos amantes de Van Gogh, aos amantes poéticos, segue contato da escritora: isabelfurini@hotmail.com

16 de mai de 2012

Para vocês: Pimpinela

Na verdade, para mim, a década de 80 foi a melhor de todas: músicas boas, poemas bons, bons livros, bons filmes, cantores ótimos que até hoje estão entre nós.
Dentre eles: Pimpinela.
Essa dupla ( Lúcia e Joaquim Brothers ) surgiu com composições cotidianas e interpretações teatrais.
Teve quem pensou que eram casados ( eu mesma ) pela forma como ambos cantam e interpretam suas angústias e frustrações.
A dupla, ainda aclamada, faz shows e lança a carreira dos filhos, também talentosos.
Vale muito a pena recordar um dos maiores sucessos, dos nossos hermanos Argentinos.
Com vocês: Pimpinela!

12 de mai de 2012

Poemando...


a Ela



pobre e fatigado amigo

que do aroma do perfume amante sobrevive

respira entre luzes neon

seu pulsar é fraco desde que ela partiu

o sangue escorre vívido e sagaz

não pronuncias mais o nome alheio

apenas vive por viver

a motivação se foi com o vento centro-oeste

da terra seca não mais brotará

a água da vida já não escorre mais silenciosa e lenta pela sua face

não mais sentireis a pele morena e macia

não mais ouvirás a voz doce e meiga do ser que ama

morre todos os dias

já não mais voa por entre quartos e cortinas

podaram suas asas

seu sorriso ficou escuro, sem luz, oco

seus olhos já não refletem mais o bem que ela lhe fez

seu abraço está vazio

suas pernas sem rumo

suas mãos calejadas

seus dedos azulados

a tinta secou

o papel amarelou

e ela, tão mortal e sagaz, sobrevoas por entre braços e bocas alheios

já não lhe pertence mais

apenas o pobre e fatigado coração

que por ela bate

sofrido

arrastado

esperando o leito de morte.



                                                                                         

11 de mai de 2012

Para a minha mãe, para a sua mãe, para todas as mães: Felicidades no seu dia!!




Porque todas merecem o nosso Amor...
Porque elas são presentes de Deus enviadas para gerar a vida...
Porque sem elas não seríamos nada...
Porque elas valem todo tesouro do mundo...
Porque não há amor maior, nem dedicação igual...
A todas as mães, de todas as partes:
Feliz dia das Mães!
Com muito amor...

6 de mai de 2012

Entrevista Silvio Santos - Exemplo de empreendedorismo



Vale a pena ver este trecho: sensato, maduro e inteligente de um dos homens mais admiráveis deste País.
Singela homenagem do Naco de Prosa para o maior comunicador deste País.

Em tempo de São João

Cresci vendo a fogueira ser montada, ser acesa e queimada, espetáculo que se repete todos os anos com a festa do Padroeiro do bairro São Pe...