4 de nov de 2014

Vários brasis em um Brasil ( Diário de uma viagem a Belém do Pará )

Como prometi a vocês, queridos amigos e queridas amigas, que ao voltar postaria mais sobre Belém do Pará. Porém é quase impossível reportar com palavras o que vivi, senti e degustei. Falar dos paraenses é dizer sobre um povo trabalhador e sofrido, porém alegre, que tem a dança no coração. 

A receptividade é a marca registrada de todos os paraenses, sempre nos recebendo com sorrisos e cordialidade. Fiquei hospedada em Icoaraci, na orla do rio Guajará. Com algumas das muitas fotos poderão ter uma leve noção dos dias maravilhosos, mesmo sabendo que muitos de vocês, com certeza, já conhecem esse pedacinho do céu. 
Participei da festa do Círio de Nazaré fluvial que aconteceu no rio Guamã, eram muitas balsas, barcas e vários tipos de embarcação lindamente enfeitados para conduzir a Mãe Peregrina. 
O ritual foi muito lindo, Ela foi entregue por um fuzileiro naval e a procissão prosseguiu. Cada embarcação possuía decoração específica, na qual estávamos, participávamos como convidados especiais, havia mesas sob a responsabilidade da empresa Trans Log, que pertence a família da amiga Delminda, com a qual eu estava. Difícil contar a vocês, meus queridos e queridas, o que havia na balsa, mesas esplendorosas,
tudo na cor branca, arranjos com flores e frutos da terra de Belém. Fomos recebidos com café da manhã, missa, shows, almoço e
muita dança. No domingo, aconteceu uma das maiores procissões católica do Brasil e do mundo. Homens de pés descalços fazem uma grande corrente com corda para proteger a Maria de Nazaré. 
Esta procissão reúne cerca de dois milhões de romeiros, em uma caminhada de aproximadamente quatro quilômetros, pelas ruas da capital paraense. 
Amigos, não deu para segurar a emoção. A devoção tomou conta de todos.  




Mercado Ver-o-Peso

É a maior feira da América Latina, é o principal cartão postal de Belém e referência como centro internacional de compras. Uma feira com encantos e sabores. 





Estação das Docas

O complexo foi criado a partir do antigo Porto de Belém, formado por três balcões de ferro inglês do século XIX. Os guindastes externos foram fabricados nos Estado Unidos, no início do século XX, aí, podemos saborear sorvetes de várias frutas típicas. Há equipes trabalhando na fabricação da cerveja artesanal. 









Continua... 


17 comentários:

  1. Belissima postagem!

    beijocas

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Viajar pé tudo de bom e pelo que vi hoje e em outros posts, aproveitaste muito! Lindo tudo por lá! Valeu muito,não é? bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Você está me mostrando um lado do Brasil que não conheço. E é muito gostoso participar de sua alegria nesse passeio. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Minha linda amiga Marli, amei ler e ver as fotos, ainda não conheço esse lugar, é dos dos quais ainda irei!
    Muito bom, fiquei feliz por você, amo ver pessoas alegres e felizes, nem fazes ideia como isso é bom, se todos pudessem se alegrar com as alegrias alheias a vida seria muito melhor né mesmo?
    Abraços e obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
  5. Muito boa tarde querida Marli..
    mas que beleza..
    aproveitou muito não é..
    adorei as fotos.. temos em nosso país tanta coisa linda..
    tem lugares que ainda quero ir como serra do roncador e fazer a trilha do vale do pati na chapada diamantina..
    60 km de caminhada rss o magrelo aqui vai desaparecer caminhando rsrs
    bjs meus e até sempre

    ResponderExcluir
  6. Pois é amiga Marli, não é por outro motivo que vários visitantes estrangeiros já disseram que existe o paraíso na terra e está no Brasil, hajam vistas a quantidade de belos lugares que existem por aqui.
    Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Marli.

    Bonito compartilhar de alegria. Realmente, temos muitos 'brasis' dentro do nosso Brasil.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Estou adorando, posta mais rs....

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  9. Gostei imenso da partilha, pois gosto de conhecer gentes e locais, através deste tipo de relatos. Relatos pelo olhar e emoção da pessoa que vivenciou!
    Bjo, querida Marli :)

    ResponderExcluir
  10. Querida amiga

    E há quem deseje
    dividir o Brasil,
    por pensar que a sua cidade
    é melhor do que qualquer outra...

    ____________________________________

    Fotografe a alegria e a revele
    na máquina digital do seu coração...

    ResponderExcluir
  11. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,
    mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante,e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir.
    Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. deixo a benção de Deus.
    António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  12. Estas fotografías son hermosas, nos muestran lugares interesantes!Un beso grande!!

    ResponderExcluir
  13. Olá, Marli! Adorei as fotos, venho acompanhando sua viagem. Mas a última foto achei um show!!!
    O Brasil é lindo, e por pior que esteja o povo, não desmorona, a alegria é uma constante. Não conheço nada de lá, ainda! Com essa alegria toda, até que merecemos mais carinho, mais cuidados...
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  14. Excelente essa tua postagem, Marli, sobre Belém do Pará.
    Como a distância que nos separa é muito grande, temos muita coisa para conhecer tanto da cidade como de sua população. Tua crônica escrita e fotográfica está ajudando a nos aproximar dessa cultura.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Bem como você disse, vários brasis em um só Brasil... e cada um mais encantador que o outro! :0 Bela postagem, boa semana.

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde querida Marli
    Lendo seus relatos me reportei a esse lugar lindo, sou pernambucana mas tenho sobrinho e uma mana que moram no Pará, meu sobrinho em belém e minha mana e outros sobrinhos em goianiense. tudo isso que relatou é assim , um lugar apaixonante, só não conheci as Ilhas, mas foi até tucurui, tomei banho na praia do Galvão, andei de balsa, a noite o passeio no rio com os bailarinos dançando o Carimbó. Fantástico! A Catedral do Círio de Nazará, a praça ver o Por do Sol, o mercado Ver o Peso. Esse ano minha mana vem, mas logo voltarei lá. Muito bom com sua maravilhosa postagem, lembrar daquele lugar que adorei!
    Desejo a você um final de tarde lindo e uma noite abençoada e a cada manhã, você sinta em seu coração a certeza de que a vida lhe espera de braços abertos, para receber suas expectativas e realizá-las uma a uma.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Novamente vou ainda responder a todos os comentários de uma vez só.
    Agradeço de todo o meu coração aos que aqui vieram e deixaram tão belo e rico comentário.
    Beijo grande para Cidália,Chica, Marilene,Ivone, Dilmar, Bell, Samuel, Maria Elisa Wengerkievicz,Eu, Elyane Lacerda,Moacir Willmondes, Aluisio Cavalcante Jr.,Antonio Jesus Batalha,Patrícia Palleres,Tais Luso, Pedro Luso,Árabe e professora Lourdes. Beijo grande em seus corações.

    ResponderExcluir

Criticar ou não criticar?

Às vezes o que precisamos é apenas um filme que nos traga algo de bom. E esses dias eu estava a procura de algo bom, delicado e encontrei...