6 de jan de 2015

Duas cadeiras para Odilon Muncinelli


Estou novamente enfrentando uma situação difícil, árdua até, pois escrever sobre um  advogado, escritor, colunista, historiador e que faz parte da Academia de Letras  (ALVI), já nos deixa quase no campo da exaustão com as palavras .
No momento, estou tentando fazer o melhor  para homenagear  “ novamente” o grande amigo, Dr. Odilon Muncinelli,  que indicado e aclamado, integra “ mais “ uma cadeira na área das Letras. Li em uma matéria do dia 16 de dezembro, à página 08, que o nosso nobre colunista, o qual assina há 11 anos a coluna “ Milho no Monjolo”, no Jornal “ O Comércio”, disse estar caminhando para o ponto final, não entendi como esta ideia de ponto final foi parar na matéria, pois Odilon é Homem das vírgulas , isto é, após cada vírgula vem mais palavras,  assuntos, textos, matérias e quem sabe, podem vir até mais cadeiras. Sem ironias e com sua permissão faço uso de tal português, o nobre escritor é o “ Cara das Letras.” Sinto-me no perigo ao escrever para homenageá-lo,  pois tenho que ter o cuidado de colocar tudo no lugar certo, para que ele sinta seu real valor ao ser o nosso escritor. Até Clarice Lispector disse ter medo de escrever, e, eu o que posso dizer a respeito de tanta responsabilidade em citar Odilon Muncinelli, aqui. Ele foi indicado pelo amigo, Rubens Tarcísio da Luz Stelmachuk. Após a indicação nada mais foi necessário, pois Muncinelli  teve sua entrada triunfal no Instituto Histórico e Geográfico do Paraná. Aconteceu no dia 09 de dezembro, em sessão solene, às 17horas.
Odilon Muncinelli  já é imortal, pois viverá para sempre na memória, na cultura da nossa terra e da nossa gente. Emocionante, hein!
Olavo Bilac costumava dizer que os imortais estavam sempre de mau humor, brincava dizendo que os acadêmicos eram chamados de “ imortais” porque não tinham onde cair mortos.” Piada, dele é claro.” Oposto disto, Odilon está sempre de bom humor e pronto para uma longa prosa e como  dono de duas cadeiras, já é imortal pela gratificação de seus registros  nos oferecendo duas vezes por semana muito conhecimento  e prazer com o registro de suas pesquisas.
Nós, reles mortais, seus leitores sabemos da felicidade do “nosso imortal,” pois ele tem a certeza, de que suas obras não morrerão jamais.
Odilon traz o sangue de escritor, penso ser sua vocação nos dar a cada dia maiores conhecimentos, os quais garimpa, registra e nos dá de presente.


Parabéns, amigo escritor, Odilon Muncinelli que possui a imortalidade da escrita, à Beira do Iguaçu.


35 comentários:

  1. Boa noite querida Marli.. grato sempre pela doce visita..
    é maravilhoso quando se é lembrado pelas pessoas amigas, que nos dão o valor e merecimento que buscamos..
    assim como li aqui sobre ele.. todos temos qualidades e podemos chegar longe..
    não sei como funciona para ser imortal numa academia..
    acho fabulosa a história de Olavo bilac que largou a medicina para ficar só a poetar..
    espero um dia estar dentro de alguma tb afinal.. tenho mais de 30 obras e mais de Mil e duzentas paginas de versos..
    a única coisa triste é que todo mundo valoriza mais autores de fora do que prestigiam os nacionais..
    beijos e um feliz sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samuel,sei do seu potencial, cabe a alguém de sua cidade fazer a sua indicação para ser acadêmico e aí, ser imortal. Aqui na minha cidade agora não entra por indicação ,mas com inscrição, obras etc. Eu não tenho obra publicada, mas penso ser negligência minha ou não estar à altura de ser uma acadêmica.Tem academia de letras em sua cidade?
      Obrigada pela sua visita , tão amável presença, que só faz bem. Beijos!

      Excluir
  2. Bom texto, gostei

    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidália, obrigada pela visita e comentário.
      Beijos!

      Excluir
  3. Gostei muito do texto,amiga!
    Que o escritor Odilon seja sempre um homem de vírgulas!
    Que as emoções nunca deixem de existir para o nobre advogado e escritor!
    BRAVO!!!
    bjus,amiga!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elyane, obrigada pela visita e tão nobre comentário.
      Também desejamos, aqui que ele seja um homem das vírgulas.
      Grande abraço!

      Excluir
  4. Linda e bem escrita homenagem, é sempre bom poder prestigiar quem tem valor!
    Amei ler e saber sobre o acadêmico!
    Abraços linda amiga, feliz ano novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivone, obrigada por sua amável visita,
      sempre é bom recebermos pessoas como você, repletas de sensibilidade. Grande beijo!

      Excluir
  5. Parabéns Marli pela bela homagem prestada ao seu amigo Odilon Muncinelli; ele certamente se sentirá prestigiado quando ler este seu texto, que além de demonstrar sua admiração por ele e seus feitos, divulga o seu nome, tornando-o conhecido mais do que já o é, graças ao grande alcance da Internet.
    Aproveito para desejar a você e aos seus familiares um excelente ano de 2015.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Pedro
      obrigada pela visita e comentário, sua presença faz mais rico este blog.
      Grande abraço!

      Excluir
  6. Bela homenagem, Marli!
    Com certeza ele gostará muito!
    Grande abraço, sucesso, ótimo 2015 e grato pela visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Evandro, obrigada pela visita e belo comentário. Volte sempre. Grande abraço!

      Excluir
  7. Olá! Não conhecia bem, ainda, alguns grandes nomes, nem suas particularidades, mas ando atento à belezas que amigos reconhecem melhor do que eu, e nada como um bom texto assim para ampliar os conhecimento! abraços

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Marli
    Parabéns pela bela homenagem que com certeza sentir-se-á honrado com sua palavras. E você com a maestria que lhe é peculiar fez uma dedicatória brilhante ao acadêmico Odilon
    Um lindo dia para você
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. oi Marli,

    você como sempre usa as palavras de uma maneira encantadora,para reconhecer talentos e lhe render as devidas homenagens...
    parabéns pela iniciativa,minha amiga...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela homenagem ao Odilon, . Feliz ano todo Marli,
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Marli, a meu ver e segundo o texto, a tua bagagem, mostre a criticismo suficiente para esta tua homenagem ao teu amigo. Tratando-se de amigo, é evidente ser mais há mostrar um pensamento mais elaborado. Caso contrário, o nível de um escritor mede-se pelos seus leitores e não pela bagagem da pela sua capacidade opinativa.
    Parabéns!
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Olá amiga, linda homenagem, você como sempre usa as palavras corretas para falar de pessoas queridas e respeitadas, As mais belas homenagens são as que se faz em vida , pelo reconhecimento de grandes feitos das pessoas queridas, como neste caso, esta linda homenageando este grande escritor.
    Mais um ano novo!
    Muitos mais sonhos a colocar nas páginas da nossa história. Li um pensamento da Ângela Reis que dizia: “Ingressar num novo ano é como adentrar em outra dimensão de nós mesmos. A vida que se desdobra. A porta se abre e nos brinda com o raiar de um novo dia. Cores que já estamos acostumados a ver, mas brilham de um jeito especial, diferente, porque vistas com o olhar de quem olha o verde da vida, que vai nascendo, brotando, desabrochando em recomeço”.
    Não é só no ano novo quando inicia que acende a chama da esperança de dias melhores, mas a cada dia nascemos para uma nova vida. A cada dia Deus nos dá uma chance para recomeçarmos. Então , que em cada dia de 2015 possamos manter essa chama acesa e que saibamos lutar por dias melhores.
    Que 2015 seja um ano de muitas bênçãos e glórias pra você e todos familiares e amigos.
    Grata pela visita e felicitações de Natal e ano Novo.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
    Prof Lourdes Duarte http://pensador.uol.com.br/colecao/lourdesduarte/
    https://www.youtube.com/channel/UCaYuH232flzuEJPUlAD2HvQ

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  15. Olá, amiga querida, mas que linda homenagem! Olha, se você escrever algo com algum errinho (que não é de seu feitio), tenho certeza que isso ficaria em segundo plano. Essa homenagem, esse carinho ao seu escritor e amigo Dr Odilon Muncinelli não captaria um pequeno deslize gramatical. Junto-me a você nessa bonita homenagem.
    Grande beijo, um lindo 2015!

    ResponderExcluir
  16. Eis uma bela homenagem, Marli; digna do excelente escritor que o Odilon mostra ser! Bom resto de semana, amiga.

    ResponderExcluir
  17. Ao completar 10 anos de blog
    não poderia deixar de agradecer pelo seu carinho amizade,
    e companheirismo.
    Uma década se passou quantas coisas aconteceram,
    quantos momentos vividos de pura emoção.
    O meu muito obrigada por fazer
    parte dessa década vivida...
    Seu carinho é muito importante
    que eu possa dar continuidade
    para seguir sempre em frente...
    um feliz e abençoado final de semana.

    ResponderExcluir
  18. Sempre digo que as homenagens devem ser
    feitas em vida, não vejo muito sentido nas póstumas.
    Acredito que não há nada melhor para alguém
    que estuda tanto, ver o reconhecimento pelo seu
    esforço como texto carinhososo assim, como o seu.
    Parabéns, Amei! Um grande abraço

    ResponderExcluir
  19. Olá, Marli!

    Obrigado pela visita e pelos votos de bom ano.Que com muito gosto retribuo, a si e aos seus desejando que ele lhes possa oferecer tudo de bom.
    E não conhecendo o homenageado do texto, certamente que ele merecerá tão rasgados elogios, olhando à entusiastica forma como o descreve.E também acho, que quem o mereça deve ser homenageado em vida, como forma de prémio.

    Um abraço e bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  20. Olá, Marli!

    Obrigado pela visita e pelos votos de bom ano.Que com muito gosto retribuo, a si e aos seus desejando que ele lhes possa oferecer tudo de bom.
    E não conhecendo o homenageado do texto, certamente que ele merecerá tão rasgados elogios, olhando à entusiastica forma como o descreve.E também acho, que quem o mereça deve ser homengeado em vida, como froma de prémio.

    Um abraço e bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  21. OI MARLI!
    APLAUSOS AO NOBRE ESCRITOR "ODILON MUNCINELLI" E A TI PELO CARINHO E RECONHECIMENTO DERRAMADO EM PALAVRAS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá Marli!
    Imagino a sua responsabilidade de homenagear um grande escritor.
    Um grande abraço e boa semana!

    VitorNani/Hang Gliding Paradise

    ResponderExcluir
  23. Boa semana, Marli. Aguardo o próximo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Árabe, estou demorando para escrever, e você veio me visitar e não encontrou nada novo, prometo que logo postarei nova matéria. Estou sem inspiração rssssssssssssss
      Beijos!

      Excluir
  24. É compreensível que tenhas, como disseste nas entrelinhas, receio na colocação das palavras ou qual usar para homenagear tão nobre e ilustre figura, - não desejaria nunca estar na tua pele, mas, confesso que vi com admiração a desenvoltura dos teus comentários e referências, coisa que, creio, honrará o homenageado, não tenho dúvidas de tal...

    ResponderExcluir
  25. parabéns pelo site muito legal.

    já estou seguindo.

    Josiel Dias
    http://josiel-dias.blogspot.com
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  26. Olá Marli.
    Linda homenagem a uma ilustre pensador e escritor.
    Tenhas um ano abençoado e iluminado.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  27. Deliciei-me com o teu texto/homenagem e sorri com a referência a Olavo Bilac.

    Meu bjo, Marli :)

    ResponderExcluir
  28. Mariane Boldori16/1/15 12:54

    talento incontestável. um grande ser humano, fantástico artista das palavras, que as esculpe nos livros e jornais. merecida homenagem, parabéns!!

    ResponderExcluir

A existência de Deus

Antoine de Saint-Exupéry, notável escritor que se notabilizou pela sua grande paixão à aviação, sendo destacado para fazer a linha comerc...