15 de mai de 2011

Um pouquinho de Clarice Lispector


''Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.''


7 comentários:

  1. Ler Clarice é sempre muito bom.Beijos

    ResponderExcluir
  2. Marli Boldori16/5/11 19:17

    Querido Arnoldo, é tão bom quanto ler o carinho dos meus amigos aqui no nosso Naco de Prosa. Muito obrigada,volte sempre!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. A imensidão chamada Clarice Lispector: minha favorita.
    Não há nada que possa fazer depois que um amor falhou, a não ser o que ela bem disse__ não fazer mais nada.

    Costuma ele reaparecer do nada e somos tomados de susto.

    Parabéns pelo blog, pela postagem e obrigado por estar seguindo o BLOG DO SUPER WILL.
    Visitei, gostei e por aqui tbm fiquei e visitarei mais vezes...

    Super Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Que coincidência! Acabei de menionar, em outro blog, que sou suspeita para falar sobre qualquer coisa escrita por ela, em vista de minha profunda admiração .
    Sempre disse o que desejava com uma simplicidade ímpar. Textos claros, com exposição da sensibilidde e da qualidade que existe nos que sabem lidar com as palavras.
    Ótima postagem!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Clarice Lispector é assim algo que enternece nossa alma,e adentra "EU",dispensa comentários.
    Agradeço sua visita amavel, vejo que tenho amigos meus seguidores do teu ótimo espaço, e já que voltei,pretendo voltar mais vezes nada melhor que ser sua seguidora.
    Feliz final de semana.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Marli Boldori29/5/11 18:47

    Meus amigos, a felicidade toma conta do meu ser quando leio comentários tão ricos, mostrando que acertei mis uma vez em minha escolha. Este blog é para vocês. Beijos.

    ResponderExcluir

O Voar do Tempo

Bola de gude, amarelinha, bets, pega-pega, brincadeiras que fizeram parte da infância de inúmeras gerações e, hoje soam como lendas para ...