Apreciadores de Um Naco de Prosa

21 de jun de 2011

S.O.S Brasil

 Há algumas semanas estão circulando em rede Nacional algumas propagandas de um certo partido político sobre os impostos que pagamos.
Para mim uma propaganda muito bem feita, objetiva e realista.
Uma delas a senhora está na cozinha tomando um remédio, quando entra uma caricatura da presidentA Dilma e corta uma parte da cartela do remédio, quando o locutor informa que mais ''tanto'' por cento é levado pelo imposto, ela volta e corta mais um pedaço da cartela.
E assim as outras propagandas seguem a mesma idéia: o quanto nos é tomado todos os meses em impostos.
Isso tudo nos faz pensar não só nos impostos pagos, mas o quanto trabalhamos, o quanto nos é tirado todos os meses e entregues para as Bolsa Família, Bolsa Gás, Bolsa camisinha, Bolsa Estudo, Bolsa Cinto - ''sinto muito mas seu dinheiro é NOSSO''!
Esses dias estava na fila da lotérica para pagar a conta de Luz. Quando a moça que estava na minha frente foi fazer um saque do seu Bolsa família.
Ela perguntou quanto era o saldo, e como eu estava perto ouvi a resposta: R$ 780,00.
Não sei se sacou o valor integral, mas quando saiu, e eu, logo em seguida,havia um rapaz esperando com duas crianças pequenas, uma em cada mão. Bom tênis, boas roupas, boné virado.
Fiquei pensando quantos filhos eu teria que ter para receber tal quantia, visto que o salário mínimo não atinge esse valor ( Salário mínimo de um trabalhador ou aposentado ).
Enquanto somo as contas na ponta do lápis, o governo rabisca meu caderninho e impõe: ''isso aqui não é seu, é do Joãozinho, do Pedrinho, da Aninha, da Mariazinha. Você trabalhou o mês inteiro? Azar o seu! Alguém tem que trabalhar para sustentar os filhos alheios.''
Como eu não tenho filhos ( no mínimo 4 ) e, portanto, não tenho direito às Bolsas governamentais, ninguém me perguntou o que achei do governo anterior e atual ( na verdade trocou 6 por meia dúzia ), esses 80% de aprovação vem do Nordeste, região mais afetada pela pobreza, mais fragilizada e mais assistida pelo governo petista através dos nossos bolsos.
E isso vai cansando, vai desgastando a imagem do governo atual e dos futuros ( aos olhos de quem tem coerência ).
O governo já deu ( pago com o nosso dinheiro ) um auxílio celular de R$ 7,00  ao mês incluído no cartão Bolsa Família. `Quero perguntar ao ex presidente e a atual: PARA QUÊ?
Inclusão digital? Conforme a Lei que rege o Bolsa Família o mesmo é direcionado para quem recebe no máximo R$ 140,00 por mês, ou seja: o que uma família de miseráveis ( monetariamente falando ) fará com um celular? E vou além: um celular e R$ 7,00, vai ligar para quem? Talvez o governo faça acordo com uma grande operadora, ao ligar de X para X paga-se R$ 0,25 por ligação.
Lembrei de mais um golpe em nosso estômago: alguém lhes perguntou se vocês querem a Copa aqui no Brasil?
A mim não! Mas está a todo vapor, e ontem li que o governo ''resolveu'' ( como é bonzinho! ) trazer à tona os gastos com a Copa.
Ok... e com isso com certeza,vão evitar a lavagem de dinheiro.
Há como contar grãos de cimento, areia, litros de água que serão usados só nos estádios?
Não... não há.
A Copa num País como o nosso, tão necessitado, tão pobre, tão doente, é uma vergonha.
Maior vergonha é ficarmos calados e aplaudirmos essa pilantragem toda.
Como diz um velho amigo: Fazer dinheiro com o chapéu dos outros é fácil.
E é o que estão fazendo comigo, com você, todos os dias abrem nossas carteiras e nos tiram uma boa quantia dos nossos salários.
Queria apenas um dia acordar e ter um dia perfeito: sem notícias ruins, sem o ''Leão batendo'' à porta, sem as ladroagens, sem os dinheiros nas cuecas e meias, sem nossos ministros quadriplicando suas rendas misteriosamente e escapando pela tangente, protegidos por políticas fortes.
Queria acordar, ao menos um dia, num País mais digno, mais honesto, fazendo valer a pena ter levantado cedo em pleno domingo ( dia do descanso universal a todos os trabalhadores ) para votar ( obrigatoriamente em um país Democrático ), acordar e encontrar Laláus trancafiados, políticos pedindo perdão e devolvendo cada centavo aos cofres públicos, não encontrar nenhum buraco nas estradas federais, queria um dia poder acordar e saber que o Brasil mudou, que finalmente é o Gigante cantado em nosso tão belo Hino Nacional.
Mas isso é lúdico... a politicagem está podre, e os bons são influenciados pelos maus.
Meus amigos, minhas amigas, estou cansada de apanhar e não receber afagos.
E essa é a forma que os políticos nos tratam, desde a ''descoberta'' dessas terras indígenas...
Jamais deveríamos temer nossos líderes, ou chamá-los de doutores, senhores e abaixarmos a cabeça, eles estão lá para nos servir, e nada mais.

Abraços.


8 comentários:

  1. Obrigado Marli, Pelo seu comentário isso valoriza e estimula a gente a permanecer na luta. Seu Blog também continua excelente continue sempre neste caminho virtual.
    Bjooss. Sucesso...........

    ResponderExcluir
  2. Concordo, plenamente, com você. Já ouvi um homem dizer que não ia trabalhar porque os benefícios vindos do governo lhe davam renda maior. Na época, como até hoje, fiquei furiosa. As pessoas precisam de trabalho, de educação... não de benefícios gratuítos que desestimulam qualquer luta. As lutas que nós temos que enfrentar para carregar nas costas tudo isso.

    A copa é outra. Não temos condições para dar melhoria ao povo, mas podemos gastar fortunas para sediá-la. Para mim, a inversão de valores é inadmissível. Mas há quem defenda. O povo se esquece de suas agonias quando o assunto é futebol. infelizmente.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Seu texto vigoroso foi lido por dentro com o mesmo acompanhamento percussional que cadencia a declamação de Poetas Populares, do Antônio Vieira, pela Bethânia. Isto está de trazer tremores cívicos e acordar consciências!

    ResponderExcluir
  4. O Pensante,obrigada pela amável visita e comentário.Penso que temos a obrigação de alguma forma expressar o que nos aflige e, nosso blog é um poderoso meio para dizermos quando não estamos contentes com certas situações.Às vezes,penso estar estrapolando além do limite,minhas decepções com tantas situações,mas a verdade deve ser conhecida ou relembrada.Ah!Seu Blog também cabe bem a esta proposição.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Marilene,você sempre presente a tudo juntamente ao seu comentário tão rico e de acordo com tudo.Quando leio certos comentários tenho a certeza de que estou no caminho certo,pois meu termômetro é a presença de pessoas como você.Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  6. Marli Boldori23/6/11 19:00

    Roberta, minha cara.
    O Brasil está hemorrágico!
    Aos pensantes e críticos como nós, a missão é dada todos os dias, e devemos esculpir com canetas em punho as idéias para melhorias em nosso tão amado país. Obrigada por dividir seus pensamentos tão certivos conosco.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Gasparzinho23/6/11 19:25

    Marli, o título de eleitor é a nossa única arma, no momento, contra esses Vampiros RUBROS que bebem nosso sangue todos os dias.
    Espero que os brasileiros não estejam adormecidos, eu não estou. Mas lutar sozinho também cansa!
    Que bom que dividimos a mesma idéia!
    Parabéns pelas palavras coerentes.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pelas visitas. É bom estar discutindo assuntos da atualidade e que afeta a cada um de nós. Penso que o Brasil está no caminho certo, mas é preciso mais energia, urgência e seriedade na questão da corrupção, que também evoluiu o combate, mas que é ainda muito pouco perante a grande generalização como as formas de corrupção toma conta das políticas públicas. Os programas das bolsas, são bons e necessários para socorrer pessoas em dificuldades e realmente necessitadas, mas a corrupção não deixa esses recursos chegarem a essas pessoas e eles são desviados para pessoas que não necessitam.

    ResponderExcluir