11 de nov de 2012

Sugestão de um Dia de Chuva


Gosto de ver a chuva. Chove. Abro a janela
fica à janela a ouvir por essa tarde mansa
a balada da chuva... Ah! a chuva é tão bela
que meu olhar de vê-la e olhá-la não se cansa !

Nesses dias de chuva eu retorno a ser criança,
vou correndo ao passado, à cidade singela
onde de pés no chão... minha maior festança
era brincar na chuva e era correr por ela...

Chove! Que chuva boa! E que alegria encerra
a cantiga dos pingos batendo na terra !
Penso... e que saudade sinto toda vez

que chove! como se eu pudesse novamente
pés descalços correr pela chuva contente
como a criança de outrora alegremente o fez!


( Soneto de J G de Araujo Jorge - in
" Festa de Imagens " 1a ed. 1948 )

8 comentários:

  1. oi minha amiga,

    e tem quem não goste de brincar na chuva?
    ah,me lembro dos meus tempos de menina,
    saíamos todos na rua para brincar de se molhar...

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha querida,é verdade todos nós com certeza, já tomamos um banho de chuva, brincadeiras gostosas e junto um bom puxão de orelha....rssssssssss Beijos!

      Excluir
  2. Quando criança muitas vezes fiquei brincando na chuva e quando chegava em casa minha mãe ralhava comigo. Lindo tempo!...
    Tenha uma bela semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Élys, verdade eu fazia a mesma coisa rssssssssssssss.
    Bons tempos em que havia espaço para tais brincadeiras.Desejo a vc uma ótima semana também.beijos!

    ResponderExcluir
  4. Gasparzinho12/11/12 21:44

    Lendo este belo poema, é inevitável não termos vontade de pular nas poças de água, dançar sob a chuva, abrir os braços, com os olhos fechados e apenas sentir os pingos caindo.
    Vontade de voltar a ser criança, mas a polidez do mundo adulto não me permite.
    Abraços do amiguinho camarada!

    ResponderExcluir
  5. Gasparzinho,analise comigo,eu também tenho saudade e vontade de brincar na chuva,o que precisamos é fazer-nos felizes sem nos preocupar com os outros.É difícil sim,mas deve existir um lugarzinho neste mundo onde possamos realizar a volta ao mundo,de quando éramos crianças.Eu tenho um lugarzinho só meu.Lá é meu cantinho,ao lado do ruido das águas,das flores enfim.....
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Gracias Marli por este soneto, una aperta

    ResponderExcluir
  7. Gracias Marli por este soneto. Una aperta

    ResponderExcluir

O Voar do Tempo

Bola de gude, amarelinha, bets, pega-pega, brincadeiras que fizeram parte da infância de inúmeras gerações e, hoje soam como lendas para ...