19 de set de 2015

Exemplos valem mais que palavras

O Tema  bullying, já foi diversas vezes discutido em verso e prosa. Até já escrevi sobre o ele, em meu blog, nem pensava em voltar ao assunto. Porém, hoje ao ler uma notícia, no Yahoo! fiquei chocada.
Falamos sobre crueldade, massacre, injustiça e tantas atitudes que ferem, não apenas homens e mulheres, mas todas as criaturas de Deus.
Ficamos espantados com tanta barbárie, parece que tais acontecimentos retrocederam e voltamos ao tempo das cavernas, apenas com a diferença das palavras, das armas, da mídia. No tempo das cavernas, no tempo dos duelos, no tempo dos massacres, no tempo das fogueiras, no tempo dos leões e arenas, no tempo da inquisição, enfim... O tempo está de volta ou nem mudou, continua o mesmo,apenas travestido.  Mahatma Gandhi, já dizia: “ A não-violência absoluta é a ausência absoluta de danos provocados a todo o ser vivo. A não-violência, na sua forma activa, é uma boa disposição para tudo o que vive. É o amor na sua perfeição.” 


Voltando ao bullying, o ator Jonny Depp, de 52 anos, contou em uma entrevista, que sofreu muito quando estudava, tinha uns 6 anos, quando resolveu contar  para a sua mãe, o que estava acontecendo com ele, na escola. Sua mãe, o aconselhou a dar uma tijolada no agressor. Sabe que fiquei um tempo pensando em quem era o agressor?
Até parece uma analogia à pena de morte, condena-se à morte, quem matou. Então, Jonny Depp, que tem dois filhos, ensinou-os a se defender como ele aprendeu com a mãe, acertar um tijolo no agressor.
E disse mais:
“-Se eles não destruírem o causador, eu vou.”

Tenho razão de estar assustada, com tal conselho e exemplo de pai aos seus filhos?

18 comentários:

  1. O Bullying é um termo que se refere as formas de
    atividades agressivas, verbais ou físicas, isso é
    comum nas Escolas desde a minha geração, começava por
    parte de Diretores (as)e Professores (as),assim a
    imbecilidade, se proliferava sobre os mais frágeis.
    Fui atingida até despertar uma força muito maior
    que todos eles juntos. Muitos até hoje exclamam encobrindo seus erros; isso é coisa de criança!

    O bullying começa quando você tira uma foto bonita e seus amigos falam "nem parece você"

    Uma bela postagem que faz-nos refletir... lindo final de semana....

    ResponderExcluir
  2. Bom dia
    Sempre com bons e interessantes textos... Cada vez existe mais bullynh, em todos os aspecros.

    Gostei de ler

    Bom Domingo
    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Se agressão sofre você
    E revida na porrada
    Violência o que se vê
    A qual nunca leva a nada.

    ResponderExcluir
  4. Olho por olho, dente por dente, nunca foi o mais correcto. Na idade média tal acontecia, mas nós estamos na idade contemporânea e tal tem de ser abolido da mente das pessoas. Também me assusta a violência gratuita. Um bom texto de alerta e aviso.
    .
    Deixo cumprimentos
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Oi Teresinha,o bullyng ainda existe infelizmente,seja nas escolas ou até no ambiente de trabalho.
    Lindo texto.
    Bjs obigada pela visita e comentário.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Que loucura! A vida ensina e nem todos os conselhos que se recebe dos pais podem ser passados aos filhos. Estimular a violência é contribuir, ainda mais, para o caos que assola o mundo moderno. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Felicidades querida Marli,
    menina quanta postagem excelente por aqui, já li ai uns dois meses de postagens, sei que estava devendo visita, agora cumpri, rsss
    Bom esse ultimo assunto chama minha atenção por que passei por isso em 2009 /2010; eu tinha um outro blog que era no Uol, e por lá eu recebi ofensas, ameaças e humilhações de todo tipo que se possa imaginar, tudo porque na época eu estava iniciando um relacionamento depois de 20 anos de desquitada, essa mulher me perseguia em todo lugar e como o Orkut não tinha as ferramentas que temos hj, diria que os danos foram graves, perdi meu trabalho fui dispensada por ter sido acusada de distribuir drogas dentro do hospital que trabalhava, ( denúncias anonimas ), exclui o blog do Uol, fones de casa e cel precisei trocar, Orkut sendo as pessoas que estavam lá eram incomodadas e ai me cobravam o rompimento do relacionamento, entrei em depressão fiquei com o peso de 45 kg e abalada.
    Portanto se hoje as pessoas se sentem incomodadas devem sim denunciar e no caso das crianças mesmo que não aconteça, devemos orienta-las a abrir o coração todos os dias sobre qualquer assunto que elas julguem ofensivo.
    Grande abraço,
    Nicinha

    ResponderExcluir
  8. Que coisa e nos assustamos com isso,não? Adorei teu comentário lá no varal! bjs, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  9. Cara amiga Marli, o filósofo Nitzsche, falava da lei do eterno retorno; um sistema pendular marcado por eventos cíclicos, em que as coisas se repetem...entretanto, eu, também choco-me com tanta violência, mas, ao mesmo tempo não vejo a luz no fim do túnel, acho que ainda passarão alguns milênios para que a humanidade, de modo geral, atinga um grau evolutivo ao nível de um Mahatma Gandhi que tu citas, com sabedoria, aqui neste post.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  10. Marli, eu acho que você tem razão em estar assustada com o exemplo e conselho que esse pai deu ao seu filho, por ter aprendido com sua mãe: acertar um tijolo no agressor. Esse é ensinamento que não se deve transmitir aos filhos, para que possam tornar-se homens e mulheres úteis à sociedade, hoje tão carente de pessoas decentes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Olá Marli,

    se colocar tudo isso no liquidificador da moralidade, todos estariam praticando o o bullyng de forma diferenciada,mas praticando, sim!!!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  12. BOA TARDE, COLEGA MARLI!
    É... BULLYING É UMA COISA MUITO CHATA. NA MINHA ÉPOCA, NÃO TINHA ESSE NOME MAS NA ESCOLA, SOFRI BASTANTE E MESMO HOJE ADULTA, AINDA SOFRO EM ALGUMAS SITUAÇÕES.
    MAS APRENDI A NÃO DAR OUVIDOS. O IMPORTANTE, É SERMOS FELIZES COMO GOSTAMOS E SOMOS. SE MEU MARIDO GOSTA DE MIM COMO SOU (SAUDOSISTA, CASEIRA, APRECIADORA DE TUDO QUE É ANTIGO, ANTIQUADA ÀS VEZES) O RESTO, É RESTO. ;)
    EI, MOÇA!
    DÊ UMA PASSADINHA EM "GAM DOLLS (2)". TEM POSTAGEM NOVINHA POR LÁ!
    FICAREI FELIZ COM TUA VISITINHA E COMENTÁRIO, SEMPRE TÃO SIMPÁTICOS.
    TENHA UMA LINDA QUINTA.
    ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

    ResponderExcluir
  13. Um texto para reflexão. Realmente o bullying é uma das muitas formas de agressão que se têm desenvolvido e de que muitas pessoas são vítimas.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Não acredito que revidar resolva mas cada um sabe de si, bjbj Lisettw.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde querida Marly..
    hj em dia tudo está um caos...
    basta ligarmos a tv.. e vemos uma atrás da outra...
    difícil sermos neutros..
    pq tudo isso que acontece nos afeta sempre né..
    beijos e até sempre querida amiga

    ResponderExcluir
  16. Eu sei que só venho correndo lhe visitar,
    mas no momento é tudo que posso fazer.
    È necessário saber que sua amizade é muito importante para mim
    e que durante todo esse tempo fiz de tudo
    para não cair no esquecimento.
    Estou sempre postando a viagem os outros pode atrasar ,
    mas a viagem é muito importante para mim.
    Foi nele que conheci pessoas lindas de alma e coração.
    O tempo nos faz entender que aquele ,
    que tem carinho por mim jamais deixaram de viajar
    comigo.
    Que Jesus te abençoe sempre com saúde .
    Uma semana de paz , alegria , amor e fé acima de tudo.
    Beijos carinhosos.
    Evanir.
    Amiga acredite é cruel pra mim as saudades que sinto de vc.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Marli, e acho que isso vai piorar, amiga, pois uma grande parte da sociedade está perdendo a noção das coisas; é o eu e depois o eu. Não vemos mais carinho nas escolas, é soco nos professores e em qualquer um. Que coisa horrorosa. Tempos difíceis, hein?! A barbárie está de volta.
    Beijo grande, amiga!

    ResponderExcluir
  18. Vivemos um momento difícil...Precisamos manter a calma e a esperança que o futuro será diferente e que o bem um dia povoará a Terra e a fraternidade triunfará.
    Um abraço. Élys,

    ResponderExcluir

A robotização da massa

Vejo pessoas  robotizadas  pelas ruas, cabeças baixas, dedos deslizando sobre pequenas telas pretas. Ando pelas calçadas com as mãos nos ...