7 de mar de 2017

Pelo Dia Internacional da Mulher

Comemora-se este mês o dia internacional da mulher, e quero falar um pouco sobre isso com vocês: mulheres pelo mundo. Há pouco li uma matéria a respeito de mulheres sírias, que vivem em uma colônia, e foram libertadas do ISIS pelas forças democráticas da Síria e, puderam, por fim, tirar o véu. Penso aqui comigo: quantas
mulheres no mundo não têm motivos para comemorar? As que são mutiladas, as que são caladas, as que são violentadas, as que são escondidas por trás de panos pretos... O dia internacional da mulher deve ser de conscientização, e acredito que o seja, porém, no dia seguinte, tudo se normaliza, e as culturas dos países voltam a agir da forma de sempre. Mas, volto à matéria lida, nessa colônia, elas foram autorizadas a mostrar seus rostos, suas expressões, seus olhos e sorrisos. Qual o significado em ceifar isso dessas mulheres? Muitos respondem com a já famigerada frase: é a cultura deles. Será que podemos denominar cultura quando pessoas são obrigadas a seguir certos passos, contra sua própria vontade? Afinal, TODOS nascemos livres, até alguém nos prender. O fato de tirar o véu vai muito além de poder respirar por fim, o ar da liberdade. Dignifica a mulher, a faz ter um rosto, o qual, há muitos anos, era escondido. É notório que ela mereça ser tratada com respeito e dignidade, não sendo vista apenas como um
sexo reprodutor, pois ela vai muito além disso e, é uma pena que os homens precisem de uma Lei para se dar conta de que elas merecem conquistar seus espaços e não ficar à mercê dos caprichos masculinos. Dia internacional da mulher, daquela que luta em silêncio diariamente, que é escondida em buracos porque seu período menstrual é visto como algo demoníaco, que possui partes de seu corpo mutilado para que não sinta prazer, que são vendidas ainda crianças para homens mais velhos, que são prostituídas por troca de um prato de comida... A mulher merece ser vista com olhos sensíveis, delicados e corretos, e que sejam colocadas no pedestal que elas merecem estar. Mulheres são diferentes dos homens, sim! Como já escreveu John Gray: Homens são de Marte e Mulheres são de Vênus. Como compará-los? Impossível. Mas, cada qual, deve ser respeitado e valorizado. A mulher possui um dia especial, um dia internacional para ser homenageada e respeitada, mesmo que seja à força. Mas, no fundo... Eu preferia que este dia não existisse, mas, que sim, todos os dias ela fosse celebrada envolvida por amor, respeito, dignidade e carinho seja por seus amigos, companheiros, colegas de trabalhos, filhos e chefias.


Fotos: Google

18 comentários:

  1. Realmente nem precisaria ter esse dia, pois mulheres merecem carinho e respeito a cada dia! Parabéns pelo nosso dia, mesmo assim! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. É lamentável que ainda exista esse tipo de coisa, mas tenho muita FÉ que chegará o dia em que o homem se conscientizará de que há dependência mútua e, assim sendo, os direitos são iguais.

    Salve o Dia Internacional da Mulher!

    Parabéns para todas as mulheres do mundo! Minhas eternas namoradas.

    Furtado

    ResponderExcluir
  3. Bom dia
    Belíssimo texto! Um Hino às Mulheres, que na minha ideia ara todos os dias.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Amei ler tantas verdades Marli!
    Um Feliz dia Internacional da Mulher.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Feliz Dia Internacional da Mulher!
    Sempre há e sempre haverá muitas coisas a se lamentar, que pena, que pena!
    Abraços amiga Marli, pelo seu, pelo nosso dia!

    ResponderExcluir
  6. Feliz dia das mulheres!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  7. Um texto para ler, reler e meditar sobre ele. É infelizmente assim. Há muitas mulheres que todos os dias sofrem violências e discriminações de todo o género.
    Obrigada pela reflexão.
    Um bom dia da Mulher para si, amiga.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Oi Marli,
    deixo meu abraço de um feliz dia da mulher hoje e todos os dias para todas as mulheres!
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi Marli
    Um texto forte que merece uma releitura e meditação
    A mais bela homenagem seria o RESPEITO e este é praticamente NULO
    Querida amiga
    Minha amiga eu vim abraçá-la e parabenizá-la pelo dia de hoje e por todos os dias em que mereces ser homenageada como todas as mulheres
    Mulher, símbolo de sensibilidade. És a glória do homem, fonte terna de amizade, pérola de inestimável valor. Âncora fértil da imaginação, manancial profundo de amor. Alma misteriosa, tens inexplicável poder. Poder de conciliar trabalho, emoção, lar. Mestra na arte de amar, és uma guerreira em potencial. Parabéns amiga pelo teu dia.
    Beijos e o meu afetuoso abraço

    ResponderExcluir
  10. Nem vou falar de todas as formas de mutilação (sim, podemos asim dizer) de que a mulher é alvo. Referiste-as bem no teu texto. O que quero realçar é a eloquência, a propriedade e a força que ele contém. Parabéns.
    Bj, Marli
    Odete Ferreira do blogue Portate-mal

    ResponderExcluir
  11. Obrigada Marli pela visita e comentário em meu blog.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  12. Gostei da postagem.
    Aqui a mulher tem medo dos marido.
    Eu não tenho medo de nada, foi por isso que fique 8 anos treinando Karatê.
    Aí, eu brinco: nem por brincadeira ou será um homem arrebentado.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. Aqui estamos enfim , Marli, depois de uns tempos de contratempos . Mas é bom quando assim acontece : o tempo não levou a recordação , a memória por isso voltamos ! Obrigada , querida amiga .
    Agora o tema em questão , mesmo fora do dia aprazado . Mas como acho que o dia da mulher é todos os dias assim como o é do homem . Se falarmos de culturas , sensibilizemos os que fazem parte dessa cultura . Como diz , no dia seguinte , tudo volta à normalidade . E sendo assim , é mais um dia de ...
    Quanto às brutalidades , elas são executadas por indivíduos que podem ser tudo , menos racionais ... Não consigo imaginar tão hediondas maldades . Mas isto é assunto muito denso. E o seu alerta , acorda quem lê!
    Um grande beijinho !

    ResponderExcluir
  14. Aqui estamos enfim , Marli, depois de uns tempos de contratempos . Mas é bom quando assim acontece : o tempo não levou a recordação , a memória por isso voltamos ! Obrigada , querida amiga .
    Agora o tema em questão , mesmo fora do dia aprazado . Mas como acho que o dia da mulher é todos os dias assim como o é do homem . Se falarmos de culturas , sensibilizemos os que fazem parte dessa cultura . Como diz , no dia seguinte , tudo volta à normalidade . E sendo assim , é mais um dia de ...
    Quanto às brutalidades , elas são executadas por indivíduos que podem ser tudo , menos racionais ... Não consigo imaginar tão hediondas maldades . Mas isto é assunto muito denso. E o seu alerta , acorda quem lê!
    Um grande beijinho !

    ResponderExcluir
  15. OI MARLI!
    UM TEXTO QUE SEMPRE VALE MUITO SE LIDO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Boa noite querida Marli.. tudo bem, desejo que sim.. pois é..
    nao sei o que houve.. o link do blog nao aparecia mais quando era clicado em meu nome.. a Patricia que me avisou que nao consguia entrar dai fui atrás ver e era isso..
    nao sabia realmente.. que bom que deu certo..
    sobre o tema .. merecem todas vcs nosso louvor..
    mais que um dia.. vcs tudo no mundo. beijos e até sempre

    ResponderExcluir
  17. É isso aí, belo texto, Marli! Não gosto desse dia, todas as minorias (?) tem um dia próprio, algo dado com certa compaixão. Temos o Dia do índio, dos negros, das mulheres, Dia Internacional do Orgulho Gay, e outros tantos dias que não precisaria se tivéssemos uma sociedade justa. Essas mulheres de burca não dá para entender; as crianças levadas para casarem com homens maduros, é incompreensível, e daí para diante. E dizem sim que é a cultura dos povos, assim como as meninas castradas. Cruzes. Gostei muito da sua crônica, muito bem 'apanhada'.
    Beijo, saudades de você!

    ResponderExcluir
  18. Infelizmente, a mulher só será igual quando não houver o seu dia.
    Magnífico texto, gostei muito.
    Marli, tenha um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir

O Voar do Tempo

Bola de gude, amarelinha, bets, pega-pega, brincadeiras que fizeram parte da infância de inúmeras gerações e, hoje soam como lendas para ...