12 de dez de 2010

Madre Tereza de Calcutá

Madre Tereza de Calcutá,também chamada Beata Tereza de Calcutá,cujo nome verdadeiro é Agnes Gonxha Bojaxhiu.Foi uma missionária católica albanesa,nascida na República da Macedônia e naturalizada indiana,beatificada pela Igreja Católica em 2003.Considerada,por alguns,a missionária do século XX,fundou a congregação"Missionárias da Caridade",tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de "Santa das Sarjetas".Faleceu aos 87 anos em Calcutá,India.




O Poema da Paz




0 dia mais belo? Hoje
A coisa mais fácil? Equivocar-se
O obstáculo maior? 0 medo
0 erro maior? Abandonar-se



A raiz de todos os males? 0 egoísmo
A distração mais bela? 0 trabalho
A pior derrota? 0 desalento
Os melhores professores? As crianças



A primeira necessidade? Comunicar-se
0 que mais faz feliz? Ser útil aos demais
0 mistério maior? A morte
0 pior defeito? 0 mau humor



A coisa mais perigosa? A mentira
0 sentimento pior? 0 rancor
0 presente mais belo? 0 perdão,
0 mais imprescindível? 0 lar



A estrada mais rápida? 0 caminho correto
A sensação mais grata? A paz interior
0 resguardo mais eficaz? 0 sorriso
0 melhor remédio? 0 otimismo



A maior satisfação? 0 dever cumprido
                                                A força mais potente do mundo? A fé
                                              As pessoas mais necessárias? Os pais
                                            A coisa mais bela de todas? 0 amor

13 comentários:

  1. .

    Adorei seu blog, por isso,
    sigo vocês.

    silvioafonso




    .

    ResponderExcluir
  2. GRANDE SENHORA...MADRE TERESA DE CALCUTÁ...E GRANDE POEMA ...TÃO VERÍDICO...E CERTEIRO

    BEIJO

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita. é uma honra ter a sua companhia. Gostei muito daqui, é agradável. É iluminado, alegre.

    abraços noturnos.

    ResponderExcluir
  4. Passei para deixar para você um grande abraço, uma ótima semana para você. E que nossa oração seja essa mesma, que Deus nos oriente.

    ResponderExcluir
  5. Sílvio,Pedrasnuas,Cibele e Antunes,agradeço a honra de receber vocês juntamente com seus comentários.Fico extremamente feliz em poder compartilhar com vocês o que penso.Um grande abraço.Aguardo retorno!

    ResponderExcluir
  6. .

    Hoje me acordei pensando em uma
    pedra numa rua de Calcutá. Numa
    determinada pedra numa rua de
    Calcutá. Solta. Sozinha. Quem
    repara nela? Só eu, que nunca
    fui lá. Só eu, deste lado do
    mundo, te mando agora esse
    pensamento... Minha pedra de
    Calcutá!

    Mário Quintana



    silvioafonso.




    .

    ResponderExcluir
  7. Sílvio,que beleza,que sensibilidade em juntar o poema ao nome Calcutá,e,Quintana foi uma ótima escolha.Obrigada!Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Sou grande admirador de Madre Tereza, ela é exemplo de trabalho, fé e caridade. Obrigqado pela visita.

    ResponderExcluir
  9. Obrigada,pois são poucas as pessoas que hoje,ainda valorizam este tipo de texto,porque nos leva a refletir sobre o que devemos fazer pelo próximo e,digo com franqueza é uma tarefa árdua.Volte sempre.Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Thank you Marli. Merry Christmas and Happy New Year!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, amiga, hoje passo por aqui para desejar a vc e sua familia um Feliz Natal e próspero Ano novo cheio de Paz, e muito poesia... bjs de muita luz....

    ResponderExcluir
  12. As imagens e o texto causam arrepios. E a gente fica pequenininha.

    Texto muito a propósito.

    Obrigada pela visita ao onzepalavras e pelo comentário sempre sempre generoso.

    Grande beijo, Ana

    ResponderExcluir
  13. Ellie,Loivarice e Ana,obrigada pela visita.Fizeram uma grande diferença aqui em meu blog.Voltem sempre.Abraços!

    ResponderExcluir

O Voar do Tempo

Bola de gude, amarelinha, bets, pega-pega, brincadeiras que fizeram parte da infância de inúmeras gerações e, hoje soam como lendas para ...