23 de mar de 2011

Elizabeth Taylor: os bons tempos de Hollywood

15 comentários:

  1. Professora,perdemos uma DIVA do cinema e do mundo.Sempre tive um grande apreço por esta atriz maravilhosa,não tenho críticas a ela,somente gosto de todos os trabalhos,nos quais ela participou.Muito me alegrou ler sobre ela em seu blog.Recomendações.Jairo Novaes.

    ResponderExcluir
  2. Mariane Boldori24/3/11 12:03

    Diva do tempo em que Hollywood era mais inocente, em que o Oscar era verdadeiro, em que os filmes tinham um porquê.
    Não há como esquecer Elisabeth Taylor, aquém de qualquer atriz de qualquer tempo em sua interpretação no filme Quem tem medo de Virginia Woolf?
    Seus hipnotizantes olhos violetas não me deixam mentir: Elisabeth pertenceu ao cinema que não mais voltará.
    Saudades eternas.

    ResponderExcluir
  3. boa tarde,Marli

    vinha caminhando por esses lados,
    fiquei curiosa e resolvi entrar...

    que delicia de cantinho de leitura,
    já estou acomodada e resolvi ficar...


    se tiver tempo venha me visitar,
    tenho sempre um tempinho para prosear...
    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Rô,seja sempre bem vinda a este espaço,sinta-se a vontade, mesmo eu não estando aqui pode entrar e aproveitar para ler os textos aqui postados.Com certeza irei á sua casa para um dedo de prosa.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Mariane querida,sempre com comentários bem vindos e ricos sobre qualquer assunto.Tudo aqui fica mais belo qdo vc chega.Volte sempre.Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  6. Jairo,como sinto alegria ao receber visitas de meus ex alunos.Seja bem vindo.Fico contente por estar agradando meus visitantes.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Sim, grandes tempos que ficarão no coração de todos nós que aqui ficamos.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Marli, grato pela amizade e carinho, tenha um bom fim de semana, bjs

    A feiticeira da noite sopra estrelas no céu
    a lua torna-se mais cheia e resplandecente
    a noiva da colina asperge um suave perfume
    espalhando no ar o seu chamado envolvente.

    Trata-se de um convite ao amor e a amizade,
    vai ecoando pelos quatro cantos da cidade
    rua do porto, engenho central, repúblicas....
    nada passa despercebido ao clamor lançado.

    ResponderExcluir
  9. Malu querida,sempre amável e presente em meu espaço.Obrigada você me faz feliz com sua presença,volte sempre.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Valter,ah! meu amigo poeta...obrigada por sua visita e tão nobre presente,um poema.Que maravilha ser poeta,mas como não sou,me conformo em ser amiga de um poeta,você.Tenha um excelente final de semana.Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Marli
    Sua visita me proporionou grande alegria, notadamente pelas delicadas palavras que me
    deixou.
    Como é bom encontrar pessoas que têm bagagem e que mantêm os olhos e o coração abertos para
    todos os caminhos.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  12. Passei por aqui para retribuir sua linda visita e te desejar um ótimo domingo amiga, cheio de alegria e muita paz.Adorei amiga, ver este video desta mulher que adoro tanto!
    Bj
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. Marilene,obrigada por sua visita e comentário.Fico imensamente feliz com a passagem de pessoas como vc aqui em meu espaço,ou melhor,seu também.Volte sempre.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  14. Valéria,obrigada pela sua amável presença aqui em meu espaço.Fico-lhe grata pelas palavras e convido você a voltar sempre,pois é uma honra ter pessoas como você em meu blog.Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Muito importante a sua lembrança.
    Parabéns pelo blog.
    Abraços.

    ResponderExcluir

O Voar do Tempo

Bola de gude, amarelinha, bets, pega-pega, brincadeiras que fizeram parte da infância de inúmeras gerações e, hoje soam como lendas para ...