11 de jan de 2014

Professora aposentada é presa em BH


Ontem ao acessar ao facebook, eu estava em um momento tranquilo, porém minha pulsação  se alterou ao ler a matéria sobre a prisão da professora aposentada , em Belo Horizonte. Como ficar imune a tanta maldade quando ela comanda a todo vapor, nascemos na crueldade do mundo e da vida, a sociedade é cruel. No mundo, ela tem uma maior intensidade na alma e, no espírito, e, que, pelo espírito, podem conceber a crueldade ou horrorizar-se com ela.
Hoje, percebo o quanto é aterrador vivermos em uma sociedade que aceita tranquilamente diversos tipos de maldades, pois o mundo está repleto de monstruosidades, as quais  deixam fluir  a qualquer momento que lhe seja favorável.
O homem em si, (a sociedade) possuidora de ódio, egoísmo e todos os tipos de emoções ruins agravam, aumentam  por todo lado e sem tréguas a crueldade do mundo “humano”.
Pura covardia por parte do pai que a denunciou, bem sabemos que “ A covardia é a mãe da crueldade”.Montaigne.
A ação de fazer o mal tem  limites, que nós, membros da sociedade podemos cessá-los ou simplesmente  deixá-los fluir.
E, o pior é que sempre há justificativas para atos cruéis. Talvez, o dito pai quisesse  se fazer notar, como dizem: ter seus quinze minutos de fama. Em nossos dias é normal cultuar heróis perversos, quanto mais bobagens fizerem mais prestígios ganharão. Infelizmente , é assim que acontece.
Nietzche  já  dizia:” Sem crueldade não há espetáculo”.
No início, de minha carreira no magistério eu lecionei no interior e, a escola que hoje passou a Colégio,  recebia todos os seus alunos em sala de aula, sem os   seus calçados , os quais ficavam do lado de fora. As salas brilhavam. Lembro de  não aceitar tal comportamento, porém os pais ( a maioria de agricultores ) diziam que eles já estavam acostumados  e traziam o hábito de casa.
Todos ficavam com os pés agasalhados  com meias , chinelos e até pequenas mantas.No final das aulas, nós professores, tínhamos que fazer a limpeza das salas , quando então éramos auxiliados por grande número de alunos, e faziam tudo com muito amor e alegria,pois não reclamavam , havia disputas para ajudar na limpeza das salas, pátios, cozinha e banheiros ( os quais eram fora, as conhecidas casinhas). Os pais eram nossos aliados e faziam questão de saber qual havia sido a colaboração de seus filhos.
Em outra escola ( Isolada) , antes da acima citada, eu era a única professora , onde a limpeza e merenda eram por minha conta. Lá contava também, com o auxílio dos alunos para tudo.
Claro que se fosse hoje, ah!!  Eu já estaria  presa . Nenhum aluno daqueles sofreu algum dano psicológico por varrer, tirar o pó, ajudar na cozinha ou levar lixo para queimar. Ao contrário são pessoas felizes que trazem consigo o prazer do dever cumprido. Até meus filhos sabem: sujou, limpou. Há algo errado em ensinar o que é correto?
Estou triste e, muito triste devido ao acontecido.
“Fala-se muito na crueldade e na bruteza do homem medievo, mas o homem moderno será melhor?“ Raquel de Queiroz
Precisamos repensar nossos valores, rever nossos modelos.

O texto que retirei do Facebook, na íntegra. Não encontrei site ou link para maiores informações. Caso haja mais detalhes, sintam-se à vontade para registrar aqui. Obrigada!




PROFESSORA DA REDE PÚBLICA É PRESA APÓS ENSINAR ALUNOS A NÃO SUJAR A ESCOLA

O fato ocorreu na escola estadual Professor Caetano Azeredo localizada na região centro-sul de Belo Horizonte.

A professora já aposentada instituiu um projeto em que voluntariamente os alunos ajudariam a limpar as pichações no interior da escola.

Era a segunda vez que o projeto era realizado e vinha apresentando excelentes resultados com uma redução considerável no número de pichações. Os próprios alunos participantes disseram que não iriam mais pichar, pois haviam percebido o quão era difícil a limpeza pelas faxineiras da escola.

Porem, nesta edição do projeto, um fato inusitado ocorreu: um pai denunciou a professora por exploração do trabalho infantil e, a mesma acabou sendo algemada e jogada dentro de uma viatura policial sendo levada presa para delegacia.

É isso mesmo uma idosa, excelente educadora, foi tratada como um marginal, pois estava cometendo o crime de formar cidadãos dignos. Enquanto isso, milhares de bandidos estavam livres e soltos matando e roubando.

Após o incidente os professores disseram estar desanimados de continuar com a profissão e a escola centenária corre risco de ser fechada por falta de profissionais.

O caso não saiu na imprensa sendo o relato dos professores de diretores a única fonte que pode ser confirmada ligando para a escola anteriormente citada.

19 comentários:

  1. Excelente sua postagem, diria que excelente foi ser colocado o seu ponto de vista, seu desabafo e indignação. Realmente as pessoas estao caminhando para um penhasco onde o socorro jamais vai chegar até lá para salva-los. Indignada também estou é pela conduta da policia do delegado e de seus assistentes...me pergunto será que os policiais não se sentiram incompetentes? incrivelmente nossa imprensa não mostra essa vergonha de conduta moral, não somente por ser uma idosa, mas pelo fato de ser ela a tentar mostrar o caminho certo para os jovens de hoje, que muitos provavelmente não chegarão a idade desta professora.
    Minha querida, parabéns pela excelente postagem, o Perseverança está a sua disposição.
    Fraterno abraço

    Nicinha

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Marli
    Estou estarrecida com esta notícia minha amiga. Não se pode mais ensinar valores e deveres aos cidadãos? Que país é este meu Deus que manda prender uma Educadora que tenta formar cidadãos conscientes dos seus deveres e responsabilidades. A cada dia nos decepcionamos mais com estes abusos. Em breve teremos um país do jeitinho que os governantes querem... povo analfabeto!!!!
    É mais um abuso...
    Um maravilhoso final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde

    Pois... é muito triste.. mas acontece em todo o lado!

    Tenha um maravilhoso fim de semana, beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Apesar de todo o avanço tecnológico atual, nossa estrutura moral ainda está na noite do atraso. Está discernimento moral, pois, fundo, a consciência sabe o que é certo e errado!
    Um abraço. Tenhas um fim de semana abençoado.

    ResponderExcluir
  5. BOA NOITE, COLEGA MARLI!
    É... RELAMENTE TEM CERTAS COISAS QUE NOS REVOLTAM, O SER HUMANO É MUITAS VEZES DESUMANO PORÉM, ESSA MATÉRIA, ESTÁ CIRCULANDO NO FACEBOOK HÁ MUITO TEMPO E CREIO QUE NÃO É REAL. LEIA MAIS NESTE LINK: http://www.e-farsas.com/professora-e-presa-apos-ensinar-alunos-nao-sujar-escola-em-bh.html
    ÀS VEZES, A TURMA FAZ SENSACIONALISMO PRA CONSEGUIR MAIS DIVULGAÇÃO DA PÁGINA ATRAVÉS DE COMPARTILHAMENTOS. É LAMENTÁVEL MAS É FATO! :(
    DÊ UMA PASSADINHA EM "GAM DOLLS (2)". TEM POSTAGEM NOVA POR LÁ!
    TENHA UM LINDO DOMINGO. ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

    ResponderExcluir
  6. Sorprendente y Triste Noticia.
    Abraços Nicinha.

    ResponderExcluir
  7. Vivemos em uma época em que ter valores morais e querer repassá-los se tornam crimes. Não é à que temos uma sociedade sem educação alguma, pois quando ela se sobrepõe, o homem não aceita...
    Vivemos numa sociedade hipócrita, em que se cobra muito por um lado e pouco se faz[se é que de faz o pouco] e esse é um bom exemplo: Educador ser tratado como lixo, resto e escória, enquanto bandidos tem direitos de sair da prisão, afinal são Direitos humanos... Humilhar uma professora no seu local de trabalho e desacatá-la à ponto de constrangê-la ao algemar e prender, não tem nada com os Diretos Humanos?? Então, Direitos de quem e para quem nessa sociedade?
    Uma postagem para se refletir valores.
    bjkas doces

    ResponderExcluir
  8. Oi, Marli, isso é triste. O usual hoje é a rebeldia dos alunos, por isso é que o ensino descambou.
    Amiga, não se faz mais 'ensino' como antigamente... Falta respeito, o primeiro passo!
    Fico com dó da professora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga Marli...!!!

    Senti-me honrado com mais uma sua presença
    Em meu blogue, com o seu carinho de sempre.
    Passando para retribuir, deixar o meu abraço e
    Carinho, desejando-lhe um lindo domingo e
    Maravilhoso final de semana para você.
    Quanto ao que aconteceu, é uma vergonha.
    Também sou professor e faria o mesmo que
    ela. Triste fico é com as leis de nosso país,
    que acoberta esse tipo de coisa: proteger
    bandidos e punir inocentes.
    Beijos de luz !

    POETA CIGANO – 12/01/2014

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderExcluir
  10. Gasparzinho12/1/14 10:07

    Há pessoas tentando acertar, ajustar, e outras, remando contra destruindo o futuro. Para que os jovens não precisem de chicote na vida adulta, é necessário ensinar-lhes o amor, o respeito, a caridade... era o que essa professora estava fazendo. Mas o mal espreita, sempre, e estraga os projetos do bem.
    Lamentável o ocorrido. Vergonhoso.
    Abraços do amiguinho camarada.

    ResponderExcluir
  11. Oi Marli, acredito que fiquei indignada como você ao ler este triste relato e postei também no meu mural do fece. Infelizmente, no nosso pais acontece dessas coisas e piores. Sou professora e ainda estou na ativa, com 61 anos de idade. não tenho tempo de serviço e devo trabalhar na rede estadual 9 anos, pois só tenho 8 anos de serviço e aos 70 anos serei automaticamente aposentada. Me preparo, estudo, tenho três especializações e vou iniciar uma de filosofia, faço curso de extensão, etc., porque tenho consciência que devo me atualizar para desenvolver bem o meu trabalho e mais, não existe tempo ideal para aprender. O fato de estarmos velhos, não significa que devemos esperar a morte e nada mais. A vida continua.Porque falo isto, porque percebo que existe o preconceito, mesmo com os colegas, não todos, alguns. Perguntas desses tipo: Quando você vai ficar readapitada ? até quando você vai ensinar? Eu respondo, se tivesse uma bola de cristal, não estaria aqui, mas Deus está no comando de tudo!
    Sabe querida, se fosse uma professora jovem que tivesse lançado o projeto, teria sido aceito, o projeto é maravilhoso! Os alunos tem que se sentir parte integrante da escola e pintura é arte e arte é cultura. É lamentável e vergonhoso sim, que esta professora que é uma máquina de conhecimento invejável, tenha sido humilhada a tal ponto.
    Desculpa a empolgação, mas isso é revolta mesmo.
    parabéns pelo post.
    Grata pela visita, volte sempre, aquele cantinho é nosso.
    feliz final de tarde!
    Paz e Harmonia e que Jesus ilumine seus passos, hoje e sempre.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Marli.
    Que triste. Que revoltante.
    Que... nãos sei mais o que.
    Eu sei bem o que é isso.
    Passei por uma situação semelhante: sou professor. Estávamos de férias, a comunidade onde a escola se localiza e que moro organizou uma manifestação pedindo melhorias para a comunidade. Tudo corria na maior tranquilidade. Veio a ordem para acabar com tudo, cinco viaturas , 4 motos, vários policiais. Enfim num dado momento o comandante ameaçou sentar o cassetete em alguns alunos que estava lá, pulei na frente pedi para não usar de violência. Final da história: passiei de camburão, delegacia, processo, condenação. Aquilo que passava para meus alunos: nossos direitos são garantidos foi por água abaixo. Mas eles entenderam que devemos lutar pela nossa cidadania. Muitos protestavam: se levar meu professor, vai ter que me lavar também.
    É revoltante ainda lermos tais casos.
    Olha, acredito que vai ser pior.
    realista não sem fé.
    Paz e Luz, pois precisamos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Inacreditável.
    É melhor ensinar, então a jogarem cigarros e lixo pela janela do carro?
    Pichar, quebrar e desrespeitar que é bonito?
    Este pai tinha que ter a cara estampada nas redes sociais para mostrarmos o mau exemplo de cidadão.

    ResponderExcluir
  14. Esses dias ouvi um poeta dizendo que o ser humano já chegou no ápice! Já queimou seres vivos, já explodiu bomba atômica, já dizimou milhões e milhões de pessoas...E concluiu: acho que não tem como piorar! Será que tem Srta? Um forte abraço

    ResponderExcluir
  15. oi Marli,

    só tenho uma palavra:
    inacreditável..
    hoje o aluno e os pais desse aluno mandam na escola e manipulam diretores e professores...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Nossa! Tomo ciência do fato através de sua postagem. Como podem os pais educar adequadamente seus filhos, se não aceitam a maravilhosa colaboração dos professores? Como desejam que se tornem pessoas dignas e produtivas? Já lecionei, no início de minha vida profissional, em escolas bem simples e distantes. Jamais tive problemas com pais, eis que esperavam de nós uma boa educação para seus filhos. Os tempos mudam e hoje os professores, além de mal remunerados, trabalham com medo. Um simples gesto de correção pode motivar punições que os destroem, intimamente, de forma cruel. Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Hola

    Verdaderamente un caso triste y sorprendente. Vamos hacia un acantilado y como nadie lo remedie... nos despeñaremos.

    Un abrazo muy grande.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Marli.

    Que agradável, seu espaço. Além de muito instigante as postagens.

    Compartilho do seu ponto de vista nesta questão levantada, através dessa história verídica.

    Meu abraço!

    ResponderExcluir
  19. Oi, Marli.

    Primeira vez no seu blog, e também simpatizada com o mesmo.

    Contudo, sobre essa história da professora presa, há questões contraditórias sendo observadas nela. No link abaixo essas questões estão melhores comentadas. Vale à pena ler, diante das muitas falcatruas que circulam na internet.

    http://boatos.org/noticia-falsa/foto-falsa-professora-e-presa-apos-ensinar-alunos-nao-sujar-escola.html

    Abraço!

    ResponderExcluir

A existência de Deus

Antoine de Saint-Exupéry, notável escritor que se notabilizou pela sua grande paixão à aviação, sendo destacado para fazer a linha comerc...