4 de jul de 2014

Um sábado especial - Fernanda Andrucho Matozzo


Pois é. Já faz um tempo que um dos gatos, amor da minha vida, Lumière, morreu. Costumava levar flores para ele. Perto de casa tinha uma roseira de mini rosas. Eram bonitas, ele teria gostado. Mas agora me mudei, não tem mais roseirinha perto de casa. A casa é outra, o jardim é outro, o gato é outro. Resolvi plantar uma roseira para poder alegrar a casa, a cada rosa que florescesse.Venderam-me errado, eu também não conheço nada de plantas. Plantei uma roseirinha de mini rosas, como aquela que tinha perto da antiga casa. Enfim.
Esse sábado teve feira de adoção de animais. Resolvi adotar mais um gato. Um adulto, como o Lumière. Cheguei lá, e só tinha cachorro. Não consigo entender porque a maioria das pessoas gosta mais dos cachorros. Sei lá. Mas trouxeram gatos para mim. Enquanto esperava, presenciei uma adoção. Era uma cadelinha linda, linda, pequenina, bege, carente. Assim que sua nova dona a pegou no colo, ela adormeceu segura, amada. Ah, mas quando chegou a vez de pegar o meu novo gato, não foi tão bonito assim. É, a adoção nos custou umas centenas de reais no hospital cuidando da mão do Atílio, que foi atacado. O que mais estressou o gato será? Ser arrancado de sua casa? Estar entre cachorros? Entre pessoas? Ser arrancado da gaiola? Ser cercado, perseguido na praça? Não conseguir subir na árvore numa situação de perigo? Um pouco de tudo. Talvez eu saiba porque a maioria das pessoas gosta mais de cachorros. Talvez eu saiba. Mas essas pessoas que gostam mais de cachorros, nunca vão entender o prazer do ronrom sincero de um gato. Nunca vão entender o prazer de saber que ele está dormindo no seu colo porque ele quer dormir ali. Nunca vão sentir o prazer da conquista desse carinho. Foi um sábado estressante, mas afinal, acho que histórias de amor com começos conturbados já está virando a minha especialidade, né Atilio Matozzo?. Olhe! Uma rosinha floresceu! Duddits, seja bem vindo na sua nova família.


16 comentários:

  1. Gasparzinho5/7/14 08:25

    Que lindo texto! Apropriado ao blog que apoia a adoçao. Que o lindo felino seja muito feliz em sua nova familia! E que as mini rosas continuem a florescerem. Parabens pelo texto! O dom é de familia. Abraços do amiguinho camarada.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde
    Maravilhoso texto.Para tudo se quer sorte.

    Beijinho
    Bom fim de semana.

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  3. Olá, Marli!

    Pois é.Se os bichos falassem tudo seria mais fácil, ou talvez não...e o gatinho explicaria porque teve essa reacção.Certamente que não fez por mal, talvez por medo, ou então recordação menos boa que retinha na memória...

    Confesso que pertenço ao grupo dos que gostam mais de cães, embora não tenha nenhum. Ainda que concorde que os bichanos também têm os seus encantos, e até sejam mais fáceis de tratar.
    Mas enfim, o importante é que haja quem goste de ambos.E esse Lumiere já certamente terá percebido que lhe calhou em sorte ter chegado a casa de gente boa...

    Lindo texto!

    Um abraço e boa semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  4. tal como os amores, nada como substituir um grande amor por outro... :)

    beijo amigo

    ResponderExcluir
  5. Que fofo!
    Vim agradecer a visita e o carinho com meu blog!
    Abs

    www.lucadantas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ninguém substitui ninguém!!!!!
    Os animais também são assim...insubstituíveis, alguns muito especiais para nós, pois entendem nossas alegrias e quando estamos tristes ficam bem pertinho para nos acalmar.
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  7. Seu texto lindo e triste ao mesmo tempo, pois perdeste um filho.
    Sim porque um gatinho ou um cachorrinho é como um filho pra nós.
    Adotar um animal seja ele gato ou cachorro não mudará o mundo, mais mudará o mundo deles.
    Da qui a pouco ele já estará familiarizado a vcs e tudo ficará bem.
    Esta vendo como tudo esta se encaixando? Até a rosinha floresceu.....

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  8. PUBLICADO HOJE NO MEU BLOG
    Quero, aqui, agradecer a toda(o)s que vieram desejar-me as melhoras.
    Não vou nomear ninguém – seria, no mínimo, pouco elegante da minha parte. Mas irei levar este agradecimento aos respectivos blogs.
    Como já estou bastante melhor, embora ainda não tenha recebido “alta médica”, continuarei a responder, nesta minha/vossa casa, a cada comentário recebido (por ordem de chegada), como fazia anteriormente à minha doença.
    Não será tão rápido como eu desejaria, mas fá-lo-ei, dentro das minhas possibilidades, o mais depressa possível.
    A toda(o)s o meu “muito obrigado!”
    Beijo
    Miguel

    ResponderExcluir
  9. Olá MARLI,

    o amor nasce sempre do insperado que, nos faz uma surpresa, independente do objeto das nossas carências!

    Curta ,vivencie,aproveite na integralidade.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir

  10. Olá, Marli

    Meus desejos de um maravilhoso, bom fim de semana. Mas, quero falar de futebol, já que estamos, no período de reta final, da Copa do Mundo. Vamos falar sim. Mas, lá no meu blogue. " Tô te esperando "
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Amo gatos, cachorros e todos os animais. Seu gatinho merece o seu respeito e o seu amor.
    Beijo, Marli!

    ResponderExcluir
  12. No “DEUSA” respondi assim aos teus comentários:




    Miguel27 de Junho de 2014 às 14:54

    Olá, Marli
    Que bom ter a tua companhia!
    Acho que fazes muito bem conhecer com antecedência, o que te permite escolher melhor os locais a visitar.
    Mas desde já te digo que a escolha é difícil… de tal modo é grande o número de coisas bonitas para ver…
    Vai aparecendo, para ver mais… e escolheres melhor.
    Um beijo




    Miguel11 de Julho de 2014 às 21:29

    Olá, Marli
    Sua preocupação me emocionou, minha amiga, pois reflecte uma amizade grande e verdadeira. Bem se diz que os amigos se conhecem nas horas más. É que ser amigo nas horas boas não custa nada, né não?
    Pois seu coraçãozinho aflito pode ficar sossegado. Ainda não é desta que o seu amigo vai desta para melhor :))))))))))))
    Estou a recuperar a olhos vistos! Com mais dois ou três dias em cima fico como novo :)
    Obrigado, de coração, querida amiga.
    Venha ver-me sempre.

    Dias óptimos lhe desejo.
    Um beijo



    Miguel27 de Junho de 2014 às 14:54

    Olá, Marli
    Que bom ter a tua companhia!
    Acho que fazes muito bem conhecer com antecedência, o que te permite escolher melhor os locais a visitar.
    Mas desde já te digo que a escolha é difícil… de tal modo é grande o número de coisas bonitas para ver…
    Vai aparecendo, para ver mais… e escolheres melhor.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  13. Gosto de gatos, já tive muitos, agora não. Foram morrendo e decidi não ter mais.
    Agora tenho um canário. Era do meu tio Zé que morreu em outubro passado, colhido mortalmente por um carro.
    É muito bom que haja pessoas que adotem animais e não os abandonem na altura das férias.
    Bjo, amiga :)

    ResponderExcluir
  14. Gostei!

    Então, excelente sábado e bom f-d-s!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Marli, há alguns anos eu também pensava o porquê dos cachorros serem mais desejados. Não, não são! O número de pessoas que adoram gatos é imenso. Mas o gato tem um modo de agir diferente, mas não menos meigo e amoroso. Depois que minha filha adotou um gatinho (já tinha uma cachorrinha), constatei que são tão amorosos quanto os cachorros. O gato está sempre no colo, sempre junto, é a maneira de manifestar seu carinho. Enfim, amiga, os animais são a salvação desse mundo! Minha família já teve até macaco no quintal, papagaio e tartaruga. Se você soubesse o que era a tartaruga... Bastava colocar a mesa do almoço a tartaruga vinha para almoçar, subia no pé do meu pai e ali ficava até o almoço acabar, depois o seguia para o quarto. Estou dando esse depoimento para você ver que com amor todos os animais são iguais, correspondem.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir

O valor das pessoas

Nessas andanças pela vida, ouvimos, lemos e falamos sobre muitas coisas... Após o lançamento de um livro, cujo título mexeu  com minha ca...