22 de set de 2014

É fácil viver na solidão

Rosseau já dizia em seu tempo: "Não há felicidade solitária".
Às vezes, nem sempre damos o devido valor à finalidade e importância da vida social. A vida em sociedade é uma Lei da natureza, porém vem a pergunta: - será que a solidão pode ser uma boa companhia para nós?
Penso que sim. Quantas vezes estamos rodeados de familiares e nos sentimos amargamente sós. Talvez possamos explicar que a solidão é boa para nós quando ela é constituída por um curto período. Fiquei espantada em um restaurante quando ao lado de minha mesa havia um jovem casal de namorados. Um de frente para o outro em seus devidos celulares, sequer erguiam os olhos, não sei se estavam namorando por celular ou apenas navegando. 

Fiquei observando, terminaram seu almoço e saíram abraçados. Vemos ao nosso redor o dia todo gente em companhia do seu aparelho. 
Há muitas obras que tratam especificamente da solidão. Temos até alguns filmes que retratam bem este sentimento. Exemplos: "Até o fim", de J. C. Condor. Nele, Robert Redford, vive um velejador que sofre um naufrágio. Ele passa uma longa hora apenas com o silêncio. 
"O velho e o mar", drama vivido por Spencer Tracy. Temos também o romance de Robinson Crusoé, depois de um naufrágio, em que foi obrigado a sobreviver em uma ilha por quase 30 anos.
Tom Hanks, que imortalizou o personagem Wilson, em sua excelente interpretação no filme "Náufrago". 
A solidão faz bem, na medida certa. É importante termos um tempo só nosso, quando é possível entrarmos em contato com nosso eu interior e nos descobrirmos.




40 comentários:

  1. Bom dia

    A Solidão faz bem sendo com medida. Eu até gosto mas por causa dela choro muitas vezes. Acabo me recusando sair.

    Belo texto, adorei.

    Tenha uma semana feliz

    Beijinhos.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidália,é às vezes a solidão dói e por isso as lágrimas vêm como um bálsamos para nos acalmar.
      Obrigada! Tenha um lindo dia! Beijos!

      Excluir
  2. Acho que estar sozinhos é necessário e faz bem por um tempinho no dia, mas solidão, imagino triste demasi! Lindo dia,bjs,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Chica, há pessoas que adoram a solidão e outras que não podem nem
      pensar em ficar só.Obrigada pela visita e comentário. Grande beijo!

      Excluir
  3. Acredito que, em alguns momentos, precisamos de um pouco de solidão para pensar na vida, reorganizá-la, revitalizá-la. O que considero bom é, às vezes, buscar o silêncio. Até mesmo no silêncio existe o som. E ele pode ser até importante para que possamos ouvir nosso corpo, nosso coração, observar nossa respiração, nossas sensações. É uma boa experiência rs

    Bjs

    www.lucadantas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu, gostei muito do seu comentário.
      A solidão vem em pacotes diferentes para cada um de nós.
      Eu `as vezes, amo a solidão.tenha um lindo dia! Beijos!

      Excluir
  4. Eu fico chateada e triste qdo percebo que as pessoas só ficam no celular e não conversam mais.
    Outro dia sai pra jantar e vi casais assim, comentei que acho ridículo.
    Eu sinceramente espero nunca disputar atenção com um aparelho, pq me retiro e vou embora rs...

    Feliz Primavera pra vc ✿ฺ

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bell, eu também sinto o mesmo que você.
      Obrigada pela amável visita.
      Beijos!

      Excluir
  5. Embora sempre se navegue sozinhos num mar tempestoso , ajuda manter os contactos com os outros barcos , para não colidir com eles ou , eventualmente , pedir socorro ... :-S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Led, realmente se formos analisar estamos sempre na solidão,
      seja ela física ou espiritual.
      Obrigada! Tenha um dia maravilhoso. Beijos!

      Excluir
  6. Momentos assim são de reflexão, ótimo filme Náufrago.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lisette, obrigada pela vista e comentário.
      Tenha um lindo dia.
      Beijos!

      Excluir
  7. Oi Marli!
    As pessoas tem tanto medo da palavra "solidão" e muitas vezes nem se dão conta que são totalmente umas solitárias acompanhadas.
    Eu já tive essa sensação de estar alheia à tudo ao redor de muita gente e foram momentos muito piores do que estar literalmente sozinha, escrevendo, curtindo um seriado em paz, no aconchego do MEU quarto. SÓ MEU. rs.
    As pessoas que temem a solidão, acho que temem a si mesmas, não bastam-se, são carentes, dependentes.
    Não acho que devamos viver como ermitões, devemos ter nosso tempo em companhia de outras pessoas, porém, companhias válidas.
    Parafraseio aqui a quem tem medo da solidão a frase do sábio Fernando Pessoa:

    "Se te é impossível viver só, nasceste escravo."

    Beijos e boa quarta-feira.

    http://colunadami.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, será que nos é possível viver só?
      Com certeza não. Obrigada pela visita e comentário rico.
      Tenha um lindo dia. Beijos!

      Excluir
  8. Estar só faz bem, quando a opção é nossa. Conversamos conosco, refletimos, fazemos as coisas de que gostamos... tudo com prazer. Podemos ficar sós sem nos sentirmos solitários. Triste é a solidão de quem deseja companhia, principalmente na velhice, e não a tem. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Marilene, fiquei pensando sobre o que você escreveu sobre a solidão na velhice,
      fiquei triste.
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  9. Às vezes, é bem melhor estar só, do que acompanhado e sentindo-se sozinho. Lá no Arte & Emoções tem bolo e estás convidada para saboreá-lo.

    Beijos e muita paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosemildo, bem verdade que devemos saber o que é melhor para nós,
      a solidão ou mal acompanhada.
      Vou lá saborear o bolo, adoro doces. Beijos!

      Excluir
  10. O melhor de se estar literalmente só, do que sentir-se sozinho mesmo estando acompanhado, é de que assim, as possibilidades estarão sempre abertas à encontrar alguém e deixar de ser sozinho. No fundo, no fundo acredito que todos querem companhia, só que têm que ser realmente "boas" as companhias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tito, realmente estarmos sós conosco mesmo, requer uma grande dose de
      amor pessoal.Obrigada pela visita e comentário.
      Abraços!

      Excluir
  11. Querida amiga Marli
    Fiquei muito feliz por saber que você gostou das fotos que publiquei.
    De facto os locais onde passei as férias são muito bonitos e tranquilos.

    No seu texto você aborda um assunto muito actual, já que há inúmeras pessoas a viver em solidão.
    Estar só, é uma coisa, e por vezes sabe muito bem; viver em solidão é triste, e cada vez há mais pessoas nessa situação.
    É difícil resolver este problema...

    Um beijo
    Miguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miguel,falar em solidão é um tema que traz muitas maneiras de vermos e
      sentirmos.
      Adorei as fotos que você postou, já lhe disse que se tudo der certo, no ano que vem conhecerei um pedacinho da Itália.Obrigada! Beijos!

      Excluir
  12. Gasparzinho24/9/14 19:47

    Interessante seu texto! Fez-me pensar. A solidão para mim não é um "bicho papão", pelo contrário, faz-me bem e é necessária. Vezes, precisamos parar um pouco e entrarmos em nós e nos reencontrarmos.
    A música traz-me uma saudade gostosa... da solidão.
    Abraços do amiguinho camarada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...
      Querido amigo Gasparzinho, obrigada pela sua presença e tão interessante comentário.
      Eu tenho vivido muito na solidão, mas ao contrário do que se pensa eu me sinto ótima.A música foi escolhida a dedo, pois é uma letra que me diz muito também sobre a saudade .....Beijos!

      25/9/14 13:23

      Excluir
  13. Minha linda amiga Marli, obrigada pelo carinho lá no meu espaço, respondi lá ao seu comentário!
    Esses filmes que mostram as diversas formas de solidão, os assisti a todos, bem assim, estar só nem sempre é estarmos sós na verdade, bem sabes disso, solidão absoluta nenhum de nós temos, mas em algumas circunstâncias até é bom, pois temos infinitas capacidades de resolvermos problemas, isso é maravilhoso quando constatamos!
    Amei ler aqui, muito bom texto!
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga, adorei o que você escreveu.
      Realmente, nunca estamos sós, e, isso é muito bom. É no silêncio que podemos conversar com nosso eu, com nossa alma, com nosso anjo da guarda.
      Obrigada! Beijos!

      Excluir
  14. Muito boa tarde minha querida Marli.. perfeitamente abordaste um tema que muito vejo e tento sempre alertar.. essa questão do celular ficou deprimente... e eu que sou o bicho do mato.. pelo menos já me chamaram assim por não fazer a minima questão de ter um e ser controlado como a maioria é..
    nem para o prato de comida dão o devido respeito.. e acham que são os melhores.. que podem tudo.. estão vazios.. por isso que os relacionamentos estão desta forma.. e chama tal de amor..
    amor ou sexo.. como citei na minha poesia que tu comentaste tão bem..
    tenho observado bastante as coisas e não sei onde pode estar a melhora..
    adorei o filme naufrago.. a soldão me foi bem vinda.. pois nela criei obras maravilhosas.. mas temos que dosar né..
    vou deixar o nome de um filme que me passaram e que adorei.. tvz já tenha visto..
    se chama Os Agentes do destino...
    adorei a abordagem.. vale muito a pena.. vou ver de novo pois numa vez só ão se capta tudo.. beijos meus e até sempre

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Marli, não se vive da solidão é certo, o homem é um animal gregário, mas esta sempre é salutar em certas ocasiões, especialmente nos nossos atos de criação, Na verdade, me acontece muito ser solitário no meio de grande multidão. Essa própria me inspiara.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Brilhante o teu texto! Levou-me à reflexão!... Acho que, além de tudo, enfatizou o meu sentimento de que, por vezes, é melhor estar só do que mal-acompanhado.
    Para que saibas, divulguei a Programação das apresentações do 2º Prosas Poéticas que se iniciará nos próximos dias; dê uma olhada, quem sabe entre as autoras e os autores participantes, não tenha alguém a quem gostarias de prestigiar.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde minha querida..
    aqui esta o email dele se desejar saber o pq não esta conseguindo.. tvz algum problema mesmo

    jrviviani@uol.com.br

    mas avisarei ele por email do ocorrido.. mais uma vez tenha um lindo dia e obrigado sempre pelas palavras
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu querido amigo, poeta e escritor.Obrigada
      pela visita e sempre tão amável comentário.
      Vou entrar em contato com ele, pois agora nem responder pelo meu eu posso, pois diz: OPS deu erro. não sei bem o que acontece.
      Beijos!

      Excluir
  19. Olá Marli
    A solidão é assustadora se não soubermos conviver com ela...
    Eu vivo sozinha já há alguns anos... e embora por vezes me soubesse bem poder-me aninhar num abraço de conforto e ternura, é preferível viver sozinha... que viver sozinha acompanha!
    Vivi essa experiência demasiados anos, isso sim foi dificil, sentia-me sozinha no meio da multidão...
    Hoje se a solidão me envolve, agarro-me a um bom livro, escrevo ou pinto, e espanto-a rapidamente..:-))
    Beijinho grande
    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Tereza, é às vezes a solidão é assustadora, principalmente quando estamos no meio de multidão. O melhor é como você está com paz de espírito e bem acompanhada
      Grande abraço!

      Excluir
  20. Eu gosto da solidão,mas não gosto de me sentir solitária. Solidão é bom quando a gente a escolhe e não quando é imposta. De qualquer forma sempre aprendemos com ela! Adorei o seu excelente texto! bjs,

    ResponderExcluir
  21. Tenho para mim que a solidão não boa, mas o silêncio sim, o que parecendo ser o mesmo, não é...

    um beijinho amigo. Gostei da reflexão...

    ResponderExcluir
  22. Muito bom, Marli! Eu acredito que, às vezes, precisamos realmente da solidão, para que possamos ouvir a voz do nosso verdadeiro Eu. Boa semana, amiga!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Marli, soube pelo amigo Samuel que não conseguistes postar comentário no blog. Tens o meu e-mail, por favor, entre em contato; gostaria de saber o que ocorre, pois se ocorre contigo, fatalmente ocorrerá com outros que ainda não sei?
    De qualquer forma, deixo a ti os votos de uma semana esplendorosa.

    ResponderExcluir
  24. Olá , querido amigo, mandei um e-mail para você.
    Quem sabe resolva. Abraço!

    ResponderExcluir
  25. Subscrevo, logo nada a acrescentar..
    Só uma achega.Também fico impressionada com a forma de "socializar", sobretudo entre jovens: juntos numa mesa e cada um "preso" ao seu telemóvel (celular). Não conversam, não partilham ideias...Isto é, a meu ver, o expoente da solidão. Esta alteração social tem sido alvo de estudos e inquieta.
    Termino: mais vale estar só do que mal acompanhada. Detesto conversa de treta. Sou sociável mas também preciso de momentos comigo mesma. A mente é uma permanente conversadora...
    Bjo, querida :)

    ResponderExcluir

Em tempo de São João

Cresci vendo a fogueira ser montada, ser acesa e queimada, espetáculo que se repete todos os anos com a festa do Padroeiro do bairro São Pe...