Apreciadores de Um Naco de Prosa

15 de set de 2014

Justiceiros de plantão

Lendo o Jornal Caiçara , do dia 25 de julho, especialmente a coluna" Informal"da escritora e Precursora da crônica Social, em
 seus textos e poemas ela nos passa a intenção da reflexão.
Lulu, questiona - O que será que Deus faz com as pessoas más?
São pensamentos que nos vêm à mente quase que instintivamente.
Aí, a gente olha ao redor, ouve as notícias e toda a mídia faz questão de ser a primeira a nos repassar os acontecimentos horrendos que estão acontecendo.
Será que quando eu era criança e adolescente havia tanta maldade como hoje? Era mais velada quem sabe.Mesmo eu sendo criança, ficaria repugnada ao ver dois jovens colocarem gasolina em um filhotinho de gato e queimá-lo vivo.Hoje, quando vi esta postagem, no Face, me aterrorizei, nem consegui assistir, infelizmente não é só com os animais, há idosos apanhando de seus cuidadores, há crianças sendo mortas pelos pais, por ganância, há grande furtos ...A maldade fez morada, veio para ficar.
Sêneca já dizia :- "A maldade bebe a maior parte do veneno que produz". 



Comparamos, às vezes a maldade do "ser humano"com as feras, penso que assim pecamos com estas últimas.
Lembrei-me do fato que aconteceu no campo de futebol, quando uma jovem gritou a palavra "macaco" referindo-se ao goleiro do Santos, o Aranha.
Não gosto de futebol, por isso não acompanho, fiquei sabendo pela mídia que não deu tréguas.Penso que está sendo valorizado demais o ato da moça, não quero com isso dizer que o ato feito por ela deva passar sem punição.Porém se formos analisar há muito crime sendo banalizado e fato com pequena importância sendo levado à justiça.Parece-me que o mal foi semeado e a semeadura foi e, está sendo boa.
Voltemos ao Aranha, ele tem direito de exigir reparação, mas tudo veio abaixo, se formos pesquisar com cuidado, o preconceito faz parte de nossas vidas por exemplo se é gordinho- baleia; se é alto - vara; se é loira-galega; muito baixa- tampinha e assim por diante e muitos tipos de situações.
Eu li que o ministro do STF, Joaquim Barbosa foi comparado a um macaco, fui me certificar no "Blog da Dilma" ataque racista, permaneceu no ar pelo menos quatro dias foi a partir de 19 de setembro, não ouvi nenhum protesto nem ouvi tanta balbúrdia.Será que ele não ficou ferido, chocado, com raiva? Eu fui procurar este assunto hoje, para ter certeza, então quem quiser talvez consiga ler e ver a foto.
Eu acompanhei uma jovem enquanto se preparava para ser aeromoça, estava tudo certo, ela passou no teste, mas não conseguiu a vaga por ser gordinha, a mídia não veio abaixo, pois ela não é celebridade. Como professora acompanhei vários alunos e alunas que não conseguiram o cargo pretendido por algum preconceito. Um aluno até me disse:- Professora, acho que eles não me aceitaram por eu ser pobre e não ter carro.As histórias são reais e tristes.
Voltemos ao caso Aranha, a moça errou e, errou feio, mas reconheceu o erro, vai pagar o que for ou foi estipulado, isso é justiça,mas me deu medo ela foi e está sendo perseguida, perdeu o emprego, a casa foi apedrejada, houve princípio de incêndio( criminoso), não pode voltar para casa por medo de ser linchada.Medo! Medo! Medo! 

Será que a tolerância deixou de existir?Há casos de grandes proporções e que não passaram nada igual ao que a torcedora do Grêmio está sofrendo.
Concordo que preconceito é crime é deve receber punição, mas não da forma que a torcedora está sendo castigada pelos "Justiceiros".

19 comentários:

  1. Hj no Brasil a justiça não funciona, por isso os homens estão adotando a sua justiça.
    A torcedora errou, mas será que é certo agir desta forma com ela?
    Do dia pra noite a vida dela virou um inferno.
    Lembrando que todo mundo erra.
    Todo mundo precisa parar e refletir sobre isso.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bell, concordo com seu comentário.
      Obrigada pela visita .
      Beijos!

      Excluir
  2. Tens razão! Belo texto.A mulher que gritou e xingou o outro não tem razão, mas chega! Ela foi punida o bastante.Queimar sua casa foi demais. E está cheio de justiceiros e ou baderneiros??? bjs,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Chica, é verdade, hoje estamos vivendo o momento,
      não se faz mais como nos ensinaram, ter calma, ter paciência, contar a té 10.....
      Obrigada pela visita e comentário. Beijos!

      Excluir
  3. Boa tarde minha querida.. esta terrível não é.. eu estava vendo este jogo.. sem muita vontade.. pois to de saco cheio desse futebol.. mas era hora do jantar e meu pai estava no canal do jogo..
    eu posso dizer que o goleiro quem teve boa parte da culpa tb..
    eles estavam ganhando e ele fazendo cera..
    qualquer torcedor fanatico fica louco com isso.. ela errou sim..
    e muitos erram.. pois isso se vê toda a hora.. escolheram ela para crucificar..
    acho que nossa sociedade não tem mais jeito..
    são atos tão baixos que a gente fica pasmo..
    não podem acabar com a vida dela por isso.. ng aqui é Deus para julgar..
    os que falam e ficam ofendendo são piores do que ela no fundo..
    outro dia ouvi algo de uma amigo.. onde um pastor negro chamou tudo que foi nome outro negro.. entre eles pode.. agora se um branco chama de negro se ofendem e metem processo.. eu sou tri branquelo rsrs será que tem processo quando nos chamam assim rs
    falei.. mas fico na minha.. tenho de pensar em mim depois no próximo..
    e que as coisas ou se ajeitem ou que algo faça tudo mudar de vez..
    abração minha querida amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samuel, tem razão, está a cada dia mais terrível.
      Nem sabemos como será o futuro se continuar crescendo o nível de violência
      e justiça feita por pessoas que nada entendem dela. Obrigada, querido amigo. Beijos!

      Excluir
  4. Boa Noite Amiga.
    Eu também tenho acompanhado e estava vendo o jogo
    ali não foi só a moça a ter aquela atitude.
    Condeno qualquer tipo de racismo só não concordo de um só pagar por todos.
    Outro caso já ocorreu dessa feita com o jogar Ronaldo Gaúcho.
    No México onde ele foi jogar também foi um vexame .
    Muito triste tudo isso .
    O goleiro do Santos também..
    Amiga ..minha única certeza Deus existe..
    Beijos e meu carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  5. Amiga Marli, as pessoas estão cada vez mais agressivas, que pena que é assim, mas ninguém tem o direito de fazer justiça com as próprias mãos, para isso há autoridades competentes.
    Ódios sendo extravasados, acho que são esses os sintomas!
    Abraços amiga e tenhas uma boa noite!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Boa noite,Marli
    belo texto...vou divagar no geral, tá?
    ...penso que o pior dos inimigos é aquele dissimulado, por vezes até infiltrado. Tanto que raros são os casos de preconceituosos assumidos, o que faz com que, evidentemente, fique muito mais difícil combatê-lo. Porém, tal como as feras irracionais, todos se revelam quando se veem atingidos ou ameaçados em seus interesses, posições ou ideias...e como bola de neve, surgem, então, as manifestações de intolerância e as agressões de toda ordem, os justiceiros de plantão...e tudo vira um estopim, com atos muito mais criminosos do que o próprio "crime" praticado,como no caso do Aranha /Patricia ...eu tenho a opinião que ela errou , ela tem a consciência disso e tem que pagar por isso , ou seja , com a penalização – já pré-definida, injúria racial - e fim... mas, em virtude da característica do comportamento virtual atual e da "grande" imprensa ela virou o"rosto-marco" da luta contra o preconceito... e assim caminharemos até a próxima...infelizmente!
    Obrigado pelo carinho,belos dias, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá , sem duvidas são acontecimentos assustadores e nefastos !
    Mas nada acontece por acaso . Tudo guarda uma lição importante dentro de si .
    Permitem uma consideração carinhosa sobre a Vossa Pátria : o Brasil é terra de grande contrastes .onde há muito Bem e muito Mal .
    Sendo isso verdade , é preciso não desanimar e continuar no caminho certo , cada um como pode .
    Outra vez , explicarei as razoes espirituais que fazem do vosso ambiente um lugar de prova ideal .. por enquanto , limito-me a enviar a meu Amor

    ResponderExcluir
  8. ,MARLI,

    este é um tema trazido por você com muita tranquilidade e isenção abordando todos os lados e se colocando de forma muito clara.

    Parabenizo você pelo texto!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  9. Marli, concordo com sua abordagem. Justiça deve ser feita com fundamento na legislação e o que temos visto é terceiros praticando o que considero vingança criminosa. Se coloco na balança, já nem sei qual das duas atitudes é pior. O lado realmente humano está sendo descartado e a racionalidade do homem não o tem diferenciado dos demais animais. E há que se considerar que estes agem apenas por instinto, visando a sobrevivência. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Nunca gostei de futebol, mas ultimamente por comportamentos fanáticos de torcedores,
    estou criando cada vez mais antipatia por esse esporte. Concordo com você, é o poder maléfico
    da midia, que não se contenta em dá a noticia, mas incitar o ódio. É mesmo assustador, essa
    onda de preconceito, todos sabemos que ele existe, mas as vezes há um certou exagero!
    E como sou apaixonado por macacos. Pediria as pessoas um pouco mais de respeito com nossos queridos primatas. Os bichinhos não merecem ser comparados a certas pessoas!
    Parabéns pelo texto! Um abraço

    ResponderExcluir
  11. A qustão do mal, da maldade, é algo que em parte nos transcende, como se estivéssemos possuídos de um veneno que nos tolda a visão e o espírito, e o pior, que geralmente vai ficando e não altera muito... e que será que Deus faz com estes? Pois... continua tudo um mistério, já que é difícil haver pessoas totalmente más, mas os actos que cometem, muitas vezes isolados, de mal, são suficientes para o perpetuar :(

    beijo amigo

    ResponderExcluir
  12. Tens razão, minha cara! A intolerância está, lamentavelmente, imperando em nome da justiça. Passar o que essa moça - imagino - deva estar passando, com perdão da expressão, nem cachorro merece... Quem é racista afinal? Será que só ela?... Fica aí a pergunta!
    Abraço e parabéns por tua louvável crônica!

    ResponderExcluir
  13. A sociedade é cruel mesmo, ela não deixa escapar...preconceituosa, exclui de verdade todos os que não fazem parte dos padrões impostos por ela, é horrível pensar nisso, mas é verdade pura!
    Um país como o nosso, não poderia haver racismo, é incrível ainda existir esse tipo de pensamento medíocre e tão cruel com o semelhante!
    Bjus e bom domingo!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, Marli!
    Acredito que não se responde ódio com ódio.
    A resposta ao ódio deve ser um exemplo de amor e de perdão.

    Queria aproveitar e agradecer muito pela visita ao meu blog e, principalmente, o carinho em ouvir minhas músicas no soundcloud. Fiquei realmente muito feliz.

    Grande beijo

    www.lucadantas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Parece que aquele exemplo de que "atire a primeira pedra quem nunca cometeu um erro", não tem feito muito efeito aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  16. Grassa, como erva daninha, a malvadez gratuita, frequentemente para divertimento de quem a pratica. É o mundo que temos :(
    Quanto ao "alarido" à volta de um facto, sabemos que ele se agiganta se os meios de comunicação lhe concedem tempo de antena desmedido... É o quarto poder a agir, infelizmente.
    Quanto ao preconceito, apesar de na escola se tentar educar para a tolerância, verificamos que o meio envolvente (e outras circunstâncias) acaba por vencer e cada vez mais se radicalizam as ideias e se ridiculariza quem é diferente... O egoísmo suplanta o altruísmo...Infelizmente, Marli.
    Meu beijo :)

    ResponderExcluir