Apreciadores de Um Naco de Prosa

9 de mar de 2015

Singela Homenagem: Inezita Barroso


Ela partiu num domingo, 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Talvez não tenha sido apenas uma coincidência essa grande mulher despedir-se de nós em um dia cujo foco é voltado à mulher, à força, à coragem, à competência...
Dona de uma das vozes mais lindas do meio sertanejo, respeitada, aclamada e aplaudida por todos. Inezita Barroso fez história, deixou um legado e uma legião de fãs, de todas as idades.
Defensora do sertanejo raiz, seu programa era palco de cantores renomados ou não, mas nem por isso com menos valor. Seu programa era uma das poucas garantias de que o sertanejo puro, simples, do mato, da raiz, continuaria sendo perpetuado pela TV. Hoje, não sei mais como será. Não há outra Inezita. 
Vai com Deus, grande mulher!

21 comentários:

  1. Não conhecia, mas é merecia a sua homenagem .

    Paz à sua Alma.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, sinceramente não conhecia a Inezita Barroso, tive a curiosidade de ir ouvir, entre alguma musicas, ouvi esta, Marvada Pinga, gostei de ouvir e agora faz parte dos meus arquivos.
    Lamento a morte da mulher e da cantora.
    AG

    ResponderExcluir
  3. realmente não há outra para ocupar o posto de dama do sertanejo de raiz...
    grande artista, alegre e que transmitia paz e esperança!
    abraços amiga!

    ResponderExcluir
  4. Bela e justa homenagem a esta grande cantora.

    ResponderExcluir
  5. Uma linda e merecida homenagem. Que descanse em paz. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Linda homenagem! bjs, chica

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia, mas lamento a perda.
    Uma voz tão bonita, que pena estar agora silênciada... Ficam as gravações, e a recordação, mas falta ela. É muito triste.

    Obrigada pela visita no meu Birras, e pelo seu comentário - gostei.
    Beijinho, e boa semana.
    Dilita

    ResponderExcluir
  8. Oi Marli
    Uma justa e merecida homenagem à dama da música sertaneja. Um ícone da música
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Linda música!!!!!!!
    Infelizmente um dia todos nós partiremos...
    mas feliz daquele que deixa sua marca, como essa cantora linda!!!!!
    Bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  10. Marli, julgo ser muito atento a tudo o diz respeito ao Brasil, nesse sentido gostei muito desta informação. Justa homenagem.

    ResponderExcluir
  11. Uma justa homenagem à diva do nosso cancioneiro popular; ouvi-la interpretando Paulo Vanzolini é de arrepiar. Infelizmente, a vida é assim, dia mais dia menos, os que amamos nos deixam...

    ResponderExcluir
  12. Bela homenagem, Marli! Realmente, não há outra Inezita; e duvido que venha a haver, algum dia. Boa semana!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia querida Marli..
    não conhecia a mesma.. apenas vi a reportagem..
    todos que aqui passam deixam suas pegadas..
    e todos vamos passar pela mesma porta..
    ng fica para trás.. beijos meus e lindo dia

    ResponderExcluir
  14. Reconheço que não conhecia Inezita Barroso. Mas ela não morreu. Sua voz permanece entre os que a amam...
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Justa homenagem, amiga Marli. Agradeço aqui vossa visita ao meu modesto espaço. Um abração.

    ResponderExcluir
  16. Olá,Marli!

    Não a conhecia, confesso,mas agora que a estou a ouvir,tenho a certeza de a homenagem é merecida.Num género de música singelo e bonito,mas que por aqui pouco se ouve.

    Um abraço e bom fim de semana. E também o obrigado pela visita e simpático comentário.
    Vitor

    ResponderExcluir
  17. Olá,Marli!

    Não a conhecia, confesso,mas agora que a estou a ouvir,tenho a certeza de a homenagem é merecida.Num género de música singelo e bonito,mas que por aqui pouco se ouve.

    Um abraço e bom fim de semana. E também o obrigado pela visita e simpático comentário.
    Vitor

    ResponderExcluir
  18. Voltei para "curtir" a melodia encantadora do Paulo Vanzolini em uma interpretação das mais belas que já ouvi.

    ResponderExcluir
  19. Lindo texto de homenagem, focando, além da sua voz e legado, a sua importância na defesa do sertanejo.
    Oxalá, haja alguém que lhe siga as pisadas.
    Bjo, Marli :)

    ResponderExcluir
  20. Querida Marli, acabei de comentar um comentário teu no meu blog, agora, e mais ao final tinha um abraço teu, então vim te abraçar e agradecer junto a ti o quão Deus é maravilhoso comigo, um amigo, amiga atrás de mim para dar um abraço, não existe presente maior que este, obrigado querida amiga...mas quando aqui cheguei dei uma navegadinha e encontrei este post, sou fã desta mulher, eu assistia o programa domingos pela manhã, por um bom período com meu pai, justa homenagem, fiquei pensando no dia, que merecia uma homenagem, que bom que vim aqui. São estes seres iluminados que mantém o amor verdadeiro vivo entre nós, diante de tanto amor artificial, parabéns Marli pela rica homenagem e Viva INEZITA BARROSO.
    ps. Carinho respeito e abraço.
    ps. "ali mesmo eu bebo, ali mesmo eu caio..."genial, a Pítty deveria gravar.

    ResponderExcluir