12 de set de 2012

Corpo ou Prisão

 
          Sinto-me prisioneira, presa com amarras que me doem muito.
 
Quero mover-me, porém minhas pernas não me obedecem.

Percebo que possuo uma bela voz, quero cantar, cantar e cantar...
 
O som não sai. Por que não consigo?

Parece que estou sonhando ou é um pesadelo?

Minha boca se abre aleatoriamente, mas não quando quero falar ou gritar.
 
Tudo em mim é estranho. Por quê?
 
Sofro porque não consigo expressar o que acontece em minha alma.
 
Hoje, uma flor desabrochou, quis sentir o perfume.
 
Quis tocá-la,mas não consegui, pois parecia-me que meus braços não existiam

O que há comigo?

Será que estou dormindo?

Será que estou sonhando acordada?
 
Ouço uma música que me toca a alma.

Quis chegar mais perto para ouvi-la.
 
Minhas pernas não saíram do lugar.

O abraço não pude dar, meus braços não tinham força.


Oh! Deus!Deus! O que há comigo?

ELE me respondeu:-Filha amada, você é um anjo, mas que nasceu Especial.
 
Sua alma está presa a este corpo, que lhe impede de fazer o que deseja.

Portanto, prometo-lhe que a partir deste momento,

Vais sorrir, cantar, dançar, abraçar, sentir...poderá fazer tudo que quiseres.

Pois hoje, seu espírito ficarás livre deste fardo que carrega: Seu corpo.

20 comentários:

  1. Querida, acredito que poetas prontos não existem, porem acredito que todos podemos ser tocados pela poesia, alguns para escrita outros para leitura... isso é SER sensível da mesma forma...

    bjs meus
    *grata!
    CAtita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catita,o importante é que a sensibilidade esteja presente sempre em nossas vidas.Obrigada pela sua visita e comentário.Volte sempre.Beijos!

      Excluir
  2. Oi amiga! Passando para apreciar mais uma das tuas belas criações, bem como agradecer a tua honrosa visita e o teu amável comentário no nosso humilde Arte & Emoções. Espero continuar merecendo a tua valiosa atenção e a tua tão especial amizade.

    Beijos no coração.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosemildo,seu espaço é maravilhoso voltarei com certeza.Obrigada pela visita e comentário.Abraço!

      Excluir
  3. Gasparzinho13/9/12 19:03

    Que belo poema!
    Quantas e quantas vezes nos sentimos prisioneiros mesmo sendo perfeitamente normais fisicamente?
    Quando a Alma não se permite sentir o amor, ela jamais saberá o gosto da liberdade tão ansiada.
    Lindo poema, sensível e delicado para tratar de um assunto sensível e delicado.
    Abraços do amiguinho camarada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gasparzinho,seu comentário é muito valiosos para mim,pois com ele posso sentir se agrado ou não os amigos que aqui aportam.O tema do poema é delicado e ao mesmo tempo esquecido,pois muitas crianças e adultos Especiais, sofrem literalmente as angústias além daquelas, que a vida lhes impôe.
      Um grande abraço!

      Excluir
  4. oi minha querida,

    que beleza de poema,
    me emocionei demais...
    tenho vindo pouco aqui né,minha amiga,mas devagarinho vou voltando...

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rô, querida que bom vê-la por aqui.Penso que até sei escrever um poema,senti o que a alma me ditava e escrevi.Fico feliz por ter gostado.Beijos!

      Excluir
  5. Belissimo poema, desses que a gente sente com a alma!

    beijos e semana de paz!

    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristina,estou feliz por vê-la em meu espaço que agora é seu também.Obrigada pela visita e por seguir-me! Um grande abraço!

      Excluir
  6. a grande viagem da alma é poder experimentar o mundo atômico!
    as vezes nossas incursões por aqui são rápidas e profundas...
    mas na maioria,somos seres esquecidos de quem realmente somos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo,o bom é que podemos fazer quando quisermos a viagem ao mundo atômico.
      Precisamos de maior consciência do que nos acontece para nos conhecermos melhor.Abraço!

      Excluir
  7. Oii Marli, um belo poema, que lindo, acho que estamos rodeados de anjos especiais que chegam desta forma! Uma ótima semana! bjinhossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kellen,com certeza, são muitos os anjos que nos rodeiam e são especiais.Eles chegam para nós como fardos,mas são presentes maravilhosos.
      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Um poema que nos transporta para outro mundo...Lindo!"
    Beijo carinhoso.
    Graça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça,obrigada pela visita e comentário.Que bom que gostou do poema.Beijos!

      Excluir
  9. Olá Marli,

    Fiquei muito feliz com seu comentário em meu blog.. e te indico a música "o que você quer saber de verdade" da Marisa Monte...
    Beijos
    http://cartasaoavesso.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beatriz,obrigada pela atenção.Ouvi a música, a letra é sem dúvida maravilhosa.Volte sempre, pois este espaço é seu também.Um grande abraço!

      Excluir
  10. Lindo, Marli! As almas são perfeitas, independente das casas que habitam. Mas nelas devem cumprir suas missões, pelo desconhecido tempo em que aqui estiverem. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá Marilene,gostei do seu comentário, realmente esses anjos especiais devem cumprir seu tempo aqui conosco,pois são presentes que Deus nos dá para que nosso fardo lá na frente, seja mais leve.Beijos!

    ResponderExcluir

Em tempo de São João

Cresci vendo a fogueira ser montada, ser acesa e queimada, espetáculo que se repete todos os anos com a festa do Padroeiro do bairro São Pe...