21 de nov de 2010

Balada para un Loco



Trata-se de um clássico do Tango Argentino, composto por Astor Piazzolla, interpretação de Amelita Balar.
Diretamente para a sua alma: vivam os loucos que inventaram o amor e que nossos corações sirvam como manicômios!

10 comentários:

  1. Olá, querida, obrigada pela visita e pelo selinho. Lindo!!!!!!!!!!!!
    Bjos!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que linda a resenha que você fez para o vídeo. Sua visita é sempre uma honra. Abraço e boa semana, Ana

    ResponderExcluir
  3. Menina,
    assisti ao vídeo e enlouqueci!

    ResponderExcluir
  4. Lindoooooo.... fantástico... genial....
    A melancolia do tango argentino mexe como a alma da gente.
    Parabéns pelo post.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Zezinha,Onze Palavras,Mariane e Milton,estou radiante com a visita de vocês e comentário,é bom saber quando estamos agradando aos nossos amigos.Que bom saber que gostaram do post ,pois eu fiquei em dúvida,se teria boa apreciação.Amei vocês aqui, voltem sempre!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Marli,li os comentários e como a Mariane,enlouqueci,com minha loucura velada deixei-a revelada, somos todos loucos,um pouco,eu demais até.Que beleza para falar das loucuras.Queira-me na minha loucura.Já visitei seu blog por três vezes depois,desta postagem,fiquei aqui a ouvir e ouvir a minha doce loucura.Que sensibilidade,até fui conferir seu perfil,pois acreditei ser você uma pessoa ligada à saúde e loucura.Abraço!Damião Trokisko

    ResponderExcluir
  7. Mariane Boldori22/11/10 20:23

    ... que seja livre dentro de mim essa loucura e que, aos olhos dos outros, seja ainda mais louca, para que todos compreendam, de uma vez por todas: a loucura é alma gêmea da paixão.

    ResponderExcluir
  8. Marli, muito obrigada mesmo pelo presente. Fico muito feliz em saber que os textos, de alguma forma, tocam os leitores que passam pelo blog. Já coloquei o seu blog na minha relação de blogs amigos, em retribuição ao Prêmio Dardos.

    Um grande abraço e obrigada mais uma vez, Ana

    ResponderExcluir
  9. Marli,
    obrigada pela visita e pelo comentário carinhoso.
    Não fosse eu absolutamente apaixonada por esta música, ainda teria sido uma grata surpresa vir aqui e descobrir que você é de Porto União... eu morei em Santa Catarina por muito tempo, e durante oito anos e meio aí pertinho, em Mafra.
    Seja bem vinda lá no Cosmu.
    beijos.

    ResponderExcluir
  10. Damião, Mariane,Onze Palavras e Cosmunicando fiquei honrada pela visita.Obrigada!Mercedes,precisa vir passear em minha cidade.Um grande beijo!

    ResponderExcluir

O Voar do Tempo

Bola de gude, amarelinha, bets, pega-pega, brincadeiras que fizeram parte da infância de inúmeras gerações e, hoje soam como lendas para ...